O grande motivo para os cursos de pós terem aumentado nos últimos anos é a alta concorrência dentro do mercado de trabalho. na última década o Brasil teve um aumento de 80% de pessoas que concluíram o Ensino Médio e com isso,isso a necessidade de se atualizar cresceu muito.

Com mais gente se qualificando, surge mais competitividade no mercado e também mais necessidade de se encontrar formas de se destacar  e por isso se tornou tão essencial ter mais de um diploma. Com uma pós-graduação é possível se diferenciar tanto em processos seletivos, como também, dentro do trabalho no quesito salarial ou de competência

Como funciona uma pós-graduação?

Antes de mais nada, é importante deixar claro que todo curso feito depois de concluir a graduação é, como o próprio nome já diz, uma pós-graduação.  As diferenças que ocorrem são os segmentos em que ela é dividida. Stricto sensu são cursos de mestrado, mestrado profissional e doutorado e os cursos Lato sensu são cursos como MBA e especialização.

Qual a carga horária de uma pós?

As aulas da pós não costumam ser diárias como acontece na graduação. Elas são realizadas em alguns dias úteis e podem ter uma carga horária mais intensa nos finais de semana.

Para as modalidades MBA e especialização a carga horária é de, no mínimo, 360 horas. Isso porque nos cursos Lato Sensu as aulas são desenhadas pensando nos profissionais que vão conciliar os estudos com o trabalho.

as atividades da pós graduação podem ser feitas nas horas livres sem comprometer a vida profissional e para ser aprovado no final do curso, os alunos devem elaborar uma monografia semelhante ao tcc da graduação. Logo, ele receberá enfim, um certificado de conclusão e não um diploma.

Já para os cursos de mestrado e doutorado é diferente. A duração é de 18 a 24 meses para o mestrado e de 25 a 42 meses para doutorado. No entanto, no caso do mestrado profissional, a duração muda e vai de 12 a 18 meses.  Em todo caso, cursos Stricto Sensu exigem uma dedicação integral a princípio, Mas também não é impossível cursar juntamente do trabalho.

Nesse caso é indicado que você tenha uma maior flexibilidade no horário de trabalho a fim de participar de congressos, palestras e aulas.

Ao final dos cursos de mestrado, o aluno deve entregar uma dissertação. Não obstante, para o doutorado, o aluno desenvolverá uma tese original para a sua conclusão. Nesses dois casos, o aluno recebe um diploma de mestre ou de doutor.

Qual é o método de ingresso?

Para cursos de especialização, o processo seletivo é mais simples. Consistindo em análise do currículo do candidato e ocasionalmente carta de apresentação. Isso acontece porque a especialização tem uma maior oferta de cursos e é mais popularizada entre as opções de pós graduação.

Para os cursos de MBA, a seleção é mais minuciosa e prioriza profissionais relevantes dentro de suas áreas de atuação ou que ao menos tenham afinidade com as matérias do curso. Por conseguinte, a ´presença desses profissionais enriquecerá o curso. A escolha é feita por análise de currículo com especial atenção à carreira do profissional dentro do mercado de trabalho. A seleção também pode conter debates de cases onde se utiliza situações reais do mercado de trabalho.

A conversa muda para os cursos de mestrado e doutorado, em que a concorrência é acirrada. Assim, o processo seletivo envolve análise de currículo, prova escrita sobre a área de conhecimento do curso, prova de língua estrangeira, apresentação do projeto de pesquisa que será desenvolvida ao longo do curso e por fim, entrevista com uma banca de docentes da instituição de ensino.

Como é a dinâmica das aulas?

Contando com um modelo de aulas mais tradicional e semelhante ao da graduação, cursos de especialização costumam contar com seminários e aulas expositivas. Além disso eles também contam com aulas práticas como parte da carga horária obrigatória. Isso porque um dos focos do curso é a aplicação do conteúdo aprendido no cotidiano laboral.

Nas aulas do MBA os orientadores lançam mão de ferramentas de gestão, junto aos alunos, a fim de buscar soluções para problemas reais das empresas.

O cenário é completamente diferente nos cursos Stricto Sensu (mestrado, mestrado profissional e doutorado). Os alunos estudam ferramentas de pesquisa e seus esforços são direcionados a um aprofundamento teórico e desenvolvimento de ideias originais. Debates sobre novos artigos e bibliografia básica, bem como discussões que elevem e fortaleçam o pensamento crítico, são essenciais.

Quais são os métodos de avaliação?

Dentro de um curso de pós-graduação, os métodos avaliativos podem variar bastante de acordo com a área de estudo e com a instituição. Entre as opções de aplicação estão provas orais e discursivas; debates, seminários, provas práticas, produção de artigos entre uma infinidade de métodos avaliativos que são escolhidos visando o melhor aproveitamento dos alunos.

Esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas!

Write A Comment