A reitora Ângela Paiva Cruz, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Jorge Almeida Guimarães, assinaram na quarta-feira, 30, em Brasília, termo de cooperação para o desenvolvimento de um sistema voltado para a coleta de informações dos programas de pós-graduação (PPGs) em tempo real e estabelecer os procedimentos de avaliação com transparência para toda a comunidade acadêmica.

Com previsão para ser colocado em teste no início de 2013, o sistema, denominado Plataforma Sucupira, será desenvolvido pela Diretoria de Sistemas da UFRN em parceria com as Diretorias de Avaliação (DAV) e de Tecnologia da Informação (DTI) da CAPES. Após a sua construção, a Plataforma será utilizada por mais de 3 mil programas de pós-graduação no Brasil e será o sistema de referência para a pós-graduação no País.

Além de ser mais uma ferramenta em prol da transparência pública, esse novo sistema propiciará o envio de informações à CAPES, continuamente e em tempo real ao longo do ano, pelas coordenações dos programas de pós-graduação. A CAPES estabelecerá uma data, a cada semestre, para que as informações sejam chanceladas pelos coordenadores de PPGs e pró-reitores.

Segundo a reitora Ângela Paiva, é muito importante que a UFRN possa contribuir para um sistema já consolidado. "A avaliação da CAPES”, disse a reitora, "é referência para todo tipo de avaliação feita pela Instituição". Ela ressaltou ainda a possibilidade de consulta em tempo real das informações pelo novo sistema.

Com essa ferramenta, os pesquisadores e estudantes poderão fazer consulta de dados e os relatórios parciais permitirão que cada instituição possa orientar e aperfeiçoar seus PPGs ao longo do processo, afirmou.

O projeto será executado na UFRN sob a coordenação tecnológica do diretor de Sistemas, Gleydson Lima, e sob a coordenação acadêmica do Coordenador Geral de Pós-Graduação, professor Rubens Maribondo.

Com os sistemas informacionais servindo de modelo para diversas instituições públicas federais, a UFRN foi procurada pela CAPES pelo "excelente reconhecimento que a Instituição tem em modernização através da informatização”, disse Gleydson Lima.

Fonte: UFRN

Author

Write A Comment