Os Ministérios da Saúde e da Educação reajustaram em 24,8% o valor da bolsa de residentes médicos e de outras áreas da saúde. A medida valoriza 23.134 residentes, que passarão a receber R$ 2.976,26, o maior reajuste concedido ao conjunto de pós-graduandos dessa modalidade. A mudança já está valendo para o mês de julho, portanto, será repassada a partir da mensalidade de agosto.

A Portaria Interministerial No 9, de 28 de junho de 2013, publicada ontem no Diário Oficial da União, determina em seu Art. 1º: "Fica revisado para R$ 2.976,26 (dois mil, novecentos e setenta e seis reais e vinte e seis centavos) o valor da bolsa assegurada ao médico-residente, em regime especial de treinamento em serviço de 60 (sessenta) horas semanais.” A residência é uma modalidade de formação lato sensu, voltada para a educação em serviço.

Contudo, a redação da portaria atual não se refere a todos os residentes da área da saúde. É a Lei Nº. 11.129/05 que determina a isonomia dos valores das bolsas dos residentes, equiparando as diversas modalidades. 

 
 

Author

Write A Comment