O CNPq anunciou hoje (29) em Brasília o resultado do Edital, que foi lançado em 21 de maio e teve uma demanda bruta de 13.536 propostas.Em 2009, o edital aprovou 2.715 projetos e contou com recursos da ordem de R$ 100 milhões.

O Edital Universal é uma das maiores ações de fomento da agência para atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação em todas as áreas do conhecimento. Os recursos, no total de R$ 120 milhões, são oriundos do CNPq e dos Fundos Setoriais, e serão distribuídos em três faixas de financiamento: Na Faixa A, projetos de até R$ 20 mil; Faixa B, para propostas acima de R$ 20 mil e abaixo de R$ 50 mil; e Faixa C, para projetos de R$ 50 mil a R$ 150 mil. A criação de faixas para financiamento das propostas ocorre desde 2007.

O CNPq atualmente oferece um conjunto de modalidades de fomento à pesquisa, cobrindo deste o apoio a pesquisadores individuais e seus laboratórios através do Edital Universal, até núcleos emergentes de excelência (PRONEM e PRONEX), como também as Redes Nacionais (INCT).

Este ano do número de projetos aprovados no Edital Universal teve um aumento significativo, ou seja, 31% maior do que o de 2009.  Essa ampliação se deve a uma política de acompanhamento da expansão do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, também expressa no aumento no número de bolsas de IC, mestrado, doutorado e produtividade em pesquisa (PQ), além do desenvolvimento tecnológico e extensão inovadora (DT), entre outros.

O Sistema Nacional de C&T incorporou, nos últimos oito anos, cerca de 14 mil novos pesquisadores doutores, fruto da expansão das Universidades Federais e Estaduais, Institutos Federais e também Institutos de Pesquisa. Estes novos pesquisadores estão agora buscando apoio a seus projetos de pesquisa e por esta razão o crescimento do apoio pelo Edital Universal reveste-se de suma importância.

Veja o resultado em: http://www.cnpq.br/resultados/2010/014.htm
 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do CNPq

Author

Write A Comment