De 1 a 3 de maio, no centro de convenções da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), foi realizado o I Encontro Mineiro de Pós-Graduandos. Estudantes de sete Instituições de Ensino Superior estavam reunidos, travando importantes debates e aproveitando a oportunidade para trocar experiências. Representantes das Associações de Pós-Graduandos (APG) da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade Federal de Viçosa (UFV) reuniram-se  com os membros da UFOP nesse evento pioneiro no movimento nacional.

A conferência de abertura “O papel das associações discentes na pós-graduação” foi proferida pela presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), Luana Bonone, acompanhada pelo presidente da APG/UFOP, Guilherme de Paula e o Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Valdei Lopes de Araújo, que compunham a mesa.

As mesas redondas puderam contar com as contribuições dos professores Luis Oswaldo Rodrigues e Adriana Lemos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da diretora de inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), do professor Alexandre Barbosa Reis (UFOP) e do deputado estadual Paulo Lamac. Durante o evento, também estiveram presentes nas mesas os diretores da ANPG Roberto Nunes,diretor de comunicação, Hercília Melo,diretora de ciência, tecnologia e inovação, e Anderson Nogueira, diretor de relações institucionais.

No dia 2 de maio, no período da tarde, ocorreu a Mostra Científica com a apresentação de trabalhos em áreas de concentração variadas, momento de grande circulação no encontro. A discussão acerca da experiência da UFOP em assistência estudantil foi facilitada pelo Pró-reitor de Assuntos Comunitários e Estudantis da UFOP, Rafael Magdalena, este que se colocou como apoiador da nossa inclusão no Programa Nacional de Assistência Estudantil, inclusive como membro do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (FONAPRACE).

Na plenária final, os presentes fizeram uma sistematização de proposições referente ao grupo de discussão, composto pelos seguintes eixos: Bolsas, valores e política de acúmulo; Assistência estudantil ao pós-graduando; Prática docente. Os documentos serão partilhados pela APG/UFOP nos próximos dias e divulgados pela ANPG. Em outubro desse ano, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, Minas Gerais também receberá o I Encontro de Representantes Discentes e o 39º Conselho Nacional de Associações de Pós-Graduandos (CONAP).

Para Luana Bonone, “a integração e o diálogo proporcionados pelo encontro mineiro contribuem para o fortalecimento das APG’s e reforça o papel de cada pós-graduando em defesa de uma formação mais digna e pela efetivação de seus direitos”.

A  APG da Universidade Federal de Ouro Preto disse, em depoimento: "A APG-UFOP se sente honrada e feliz pelo sucesso do I Encontro Mineiro de Pós-Graduandos. A presença de todos os palestrantes e participantes foi muito importante para a construção de um debate rico e com discussões de alto nível sobre os desafios da pós-graduação no estado de Minas Gerais. Esperamos que toda a mobilização alcançada ao longo desses 3 dias de Encontro não se perca e sirva de inspiração para maior união e luta pelos direitos dos pós-graduandos. Agradecemos a ANPG, APGs mineiras, UFOP e todos os presentes que tornaram a primeira edição do evento um sucesso e ampliaram a gama de discussões entre os pós-graduandos de Minas Gerais."

A acolhida dos pós-graduandos e convidados, em forma de alegria e entusiasmo, foi realizada nas repúblicas estudantis da cidade, espaços característicos da cidade de Ouro Preto.

O próximo encontro será realizado na UFLA ou na UFV em data ainda a ser definida.

 

Author

Write A Comment