alice_portugal_apoia_pos-graduandos82627
Deputada Alice Portugal segura cartaz da Campanha por mais Direitos para os Pós-Graduandos

Debate que será realizado na próxima semana, e discutirá a importância dos cursos de pós-graduação e seu alcance na sociedade e contará com os ministro da Educação e de Ciência, Tecnologia e Inovação, e da presidenta da ANPG, Tamara Naiz

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados promoverá, na próxima terça-feira (11) audiência pública para debater os desafios encontrados pelos estudantes de pós-graduação, e a importância da qualificação oferecida pelos cursos. A audiência é um requerimento da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Ciência, Tecnologia e Pós-Graduação.

“Trata-se de pauta ampla, porém factível, que necessita ser submetida ao debate neste Colegiado”, defende a parlamentar. Alice ainda enfatiza a necessidade de discutir a qualidade dos cursos de especialização no país, uma pauta cara à ANPG. A atual indústria da especialização cria, dia após dia, cursos que nem sempre estão de acordo com a legislação, ou com o padrão exigido pelo Ministério da Educação.

Para o debate, foram convidados o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo e a presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), Tamara Naiz.

A Associação Nacional dos Pós-Graduandos reúne na Campanha por mais Direitos para os(as) pós-graduandos(as) uma pauta de reivindicações que inclui a universalização e valorização das bolsas de pesquisa; o estabelecimento de mecanismo de reajuste anual dos valores das bolsas de pesquisa; a assistência estudantil com direito à moradia universitária, bandejão, atenção à saúde, passe-livre estudantil; entre outras. (Saiba mais aqui)

Para debater o viés educacional, também devem comparecer à audiência o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Carlos Afonso Nobre, o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Targino de Araújo Filho, e a conselheira da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Fernanda Sobral.

Da redação

Author

Write A Comment