Nos últimos dias 4 e 5 de novembro foram realizadas 2 assembléias para a eleição da Associação de Pós-Graduandos da UFRJ. A ANPG participou de ambas as reuniões e destacou a importancia da APG-UFRJ no Movimento Nacional de Pós-Graduandos.

 

A primeira assembléia contou com cerca de 17 pós-graduandos, no Instituto de Química da UFRJ, e a segunda com cerca de 12 pessoas, na Faculdade de Educação, Praia Vermelha.

 

Na segunda assembléia a ex-coordenadora geral da APG-UFRJ e membro da comissão eleitoral Viviane Gonzalez, destacou o número de participantes da assembléia, bem superior que a da última eleição. A APG estava sem gestão desde 2008, mas uma comissão de alunos representantes discentes procuraram manter o trabalho da entidade.

 

A Associação de Pós-Graduandos da UFRJ é uma APG histórica, que contribuiu para a organização e fundação da Associação Nacional de Pós-Graduandos. Seu embrião surgiu em meados da década de 70 a partir de um conselho de representantes de alunos da Coppe e da Universidade, com uma série de protestos contra a dissolução do mestrado em planejamento urbano.

 

O conselho continuou existindo ao longo dos anos, tendo editado um boletim e conseguido uma sala que era utilizada em suas reuniões e também como ponto de encontro dos pós-graduandos.

 

Em 1980, ainda sem estarem organizados numa associação, alguns pós-graduandos da UFRJ participaram do 2o CNPG realizado na Bahia. Desta forma, a organização inicial da concretização da pró-Associação de Pós-Graduandos da UFRJ aconteceu em inícios da década de oitenta.

 

Essa eleição contou com duas chapas: “A.Pós.Taí”  e “Mais e Melhores Bolsas!”, sendo vitoriosa a primeira com 20 votos.

 

Author

Write A Comment