Para ANPG, é preciso respeitar a data de pagamento das bolsas de pós-graduação 

A ANPG entrou em contato novamente com as duas principais agências de fomento do país, CAPES e CNPq, e, em conversa telefônica com o setor de execução orçamentária e financeira de ambas, apurou que a ordem de pagamento de todas as folhas de bolsistas de todas as modalidades foi efetuada até a data de hoje (07), quinto dia útil do mês, aguardando a compensação bancária (cerca de 48 horas).

Apesar de não existir regulamentação sobre a data, nos últimos anos o pagamento das bolsas tem sido praticado até o 5º dia útil de cada mês. É importante que essa prática seja mantida e respeitada, uma vez que os milhares de bolsistas contam com esse pagamento para pagar suas despesas básicas, como moradia, alimentação e transporte.

Segundo parecer elaborado pela representante da ANPG no Conselho Superior da CAPES, “a suspensão e/ou o atraso no pagamento do auxílio aos estudantes de forma imotivada afronta de plano o princípio da legalidade e da motivação […] e o princípio da segurança jurídica, que traz estabilidade nas relações e o mínimo de certeza na regência da vida social”.

Leia na íntegra o parecer encomendado pela ANPG sobre o atraso das bolsas, ocorrido em janeiro

A ANPG tem como uma de suas principais bandeiras, dentro da Campanha por mais Direitos para as pós-graduandas e os pós-graduandos, a regulamentação em lei da data de pagamento das bolsas de pós-graduação, bem como data base para reajustes.

Até que isso ocorra, a ANPG acredita que a pressão política é a melhor forma de construir melhores relações e condições de pesquisa para as pós-graduandas e os pós-graduandos brasileiros. Para isso, é importante que a categoria evite a disseminação de desinformação nas redes sociais, organize-se em suas Instituições de Ensino Superior por meio das APGs, e responda às convocações e mobilizações da ANPG nas diversas ações que compõem a Campanha por Mais Direitos.

Além disso, na quarta feira (09), a representante da ANPG, Hercilia Melo, estará presente na reunião do Conselho Deliberativo do CNPq e apresentará o descontentamento dos pós-graduandos com os atrasos ocorridos nos últimos três meses. Também solicitará esclarecimentos sobre a entrevista concedida pelo Presidente do Conselho, que gerou desconforto entre os pós-graduandos. Por fim, oficiará a instalação de inquérito administrativo interno para apuração sobre os erros que resultaram no atraso das bolsas nos últimos meses.

Na quinta feira (10), a Presidenta da ANPG, Tamara Naiz, estará presente em seminário da CAPES e apresentará o descontentamento da categoria com a falta de valorização e reajuste das bolsas e, mais recentemente, com a insegurança e incômodos provocados pelos atrasos.

Da redação

Matérias relacionadas:

03/12/2015 – Bolsas de Pós-Graduação não sofrerão cortes com a aprovação da nova meta orçamentária

10/11/2015 – ANPG cobra respostas do CNPq sobre atraso nas bolsas

11/09/2015 – ANPG entra em contato com FAPERGS sobre atraso nas bolsas

12/01/2015 – Atraso nas bolsas: ações jurídicas de ressarcimentos e estado de alerta da ANPG sobre o pagamento

Author

8 Comments

  1. Ricardo Rafael R. da Silva Reply

    MUITO BOM SABER QUE ALGO FOI FEITO, COMO BOLSISTA TENHO LIMITAÇÕES FINANCEIRAS E ASSIM MUITAS VEZES FICO IMPOSSIBILITADO DE COMPARECER ÀS REUNIÕES E ENCONTROS, POIS MUITAS VEZES SÃO REALIZADAS EM LOCAIS ESTRATÉGICOS QUE SÃO DISTANTES DE MINHA LOCALIDADE ATUAL, MAS ACOMPANHO SEMPRE O DESFECHO DOS POUCOS MOVIMENTOS. VAMOS CONTINUAR A FALAR ALTO E FAZER BARULHO, POIS SOMENTE DESSA FORMA PODEREMOS FAZER VALER NOSSOS DIREITOS COMO CIDADÃOS.

  2. Davidson Ribeiro Costa Reply

    Obrigado pelo apoio de vcs! Mas devemos se basear também na segurança e na estabilidade para os estudantes, não apenas em motivação.
    por enquanto nada da capes
    Att.

  3. camila gibbs Reply

    Obrigada por representarem tao bem nossa categoria e lutarem com tanto afinco por nossos direitos, pois deixamos tudo e passamos a depender exexclusivamente das bolsas de estudo, a fim de noa dedicarmos em tempo integral aos estudos, de forma a desenvolver pesquisas com excelencia e que tragam contribuicoes à sociedade. Nao aos cortes! Nao à injustica.

  4. Boa noite. Estou com a bolsa em atraso, sempre caiu certinho no quinto dia útil do mês, porem esse mês ainda não caiu. Alguem sabe de quanto vai ser este atraso? Sou aluno de doutorado e estou com as contas em atraso, obrigado

  5. mas até o momento nada consta no portal da transparência ou está tão transparente que ninguem vê… vamos aguardar

  6. Everson Osvanir da Silva Reply

    Olá, é mentira do CNPQ em afirmar que pagou as bolsas de todas as modalidades. Hoje, dia 14 de Dezembro, eu ainda não recebi!!!!

Reply To Davidson Ribeiro Costa Cancel Reply