Uma das chamadas publicadas no site do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) nesta semana prevê R$ 2,5 milhões para propostas de divulgação científica sobre o tema luz, com foco no público infantil.

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) iniciou nesta semana o lançamento de uma série de editais para a área de difusão e educação científica. O apoio soma R$ 8,7 milhões para a realização de atividades diversas, como olimpíadas científicas, feiras e mostras. Uma das três chamadas disponibilizadas no site da agência destina R$ 2,5 milhões para propostas que contemplem iniciativas de divulgação científica em torno da temática em torno do Ano Internacional da Luz, proclamado pela Organização das Nações Unidas para 2015.

A expectativa é que os projetos e eventos promovam a divulgação científica junto à sociedade brasileira, em universidades, instituições de pesquisa e ensino, museus, centros de ciência, planetários e outros espaços científico-culturais, fundações, entidades científicas e instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos, atuantes em Ciência, Tecnologia e Inovação.

De acordo com o diretor de Popularização e Difusão de Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Douglas Falcão, a ideia é estimular a realização de projetos tendo como público alvo crianças entre 4 e 10 anos de idade, com o objetivo de atrair o interesse da criançada pelo mundo científico desde cedo. “Estamos tentando focar desta vez um público que nem sempre é escolhido assim de uma maneira tão explícita. E essa faixa etária é fundamental. Estudos e pesquisa mostram que a divulgação e a interação com a ciência devem começar o mais cedo possível”, justifica Falcão.

Os projetos e eventos objeto do apoio poderão abranger as diversas áreas do conhecimento. As propostas aprovadas serão contratadas na modalidade de auxílio individual, em nome do coordenador/proponente. As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq até o dia 19 de novembro, exclusivamente via internet, por intermédio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas.

A relação das propostas aprovadas com recursos financeiros da presente Chamada será divulgada na página eletrônica do CNPq, disponível no endereço da Internet, e publicada no Diário Oficial da União. Durante a fase de execução do projeto, toda e qualquer comunicação com o CNPq deverá ser feita por meio de correspondência eletrônica à Coordenação do Programa de Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais, pelo endereço  [email protected].

Parceria público privada

O edital para os projetos de divulgação científica do Ano Internacional da Luz é fruto da cooperação com o Instituto Tim, responsável pela destinação total dos recursos. Falcão comemora a participação do setor empresarial nesse tipo de ação. “O ano de 2015 está sendo de muita contenção orçamentária e esse edital é realmente um marco para a divulgação da ciência no Brasil e para a nossa política atual, pois mostra que a iniciativa privada pode colaborar e existem mecanismos para isso. Estamos abrindo um novo caminho”, avalia.

Fonte: MCTI

Write A Comment