ANPG reúne-se com MEC e pauta valorização das bolsas
ANPG reúne-se com MEC e pauta valorização das bolsas

A presidenta da ANPG, Luana Bonone, reuniu-se na tarde dessa segunda-feira (10) com o ministro da Educação, José Henrique Paim. Assessor-Executivo do ministério desde 2006, Paim substituiu, em fevereiro deste ano, Aloizio Mercadante, atual ministro da Casa Civil.

Também estavam presentes na reunião o Secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller, o Diretor de Programas e Bolsas da CAPES, Marcio de Castro Silva Filho e o presidente em exercício da Capes, Lívio Amaral.

As discussões foram em torno principalmente da valorização das bolsas de pesquisa.Para a ANPG, a distribuição do Orçamento é feita de maneira a atender as demandas de uma política econômica que engessa os investimentos.

A entidade aproveitou a ocasião para entregar ao ministro uma carta com as principais bandeiras defendidas pela entidade no último período.

Leia a íntegra da carta aqui.

O ministro declarou que não faz sentido o Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) restringir benefícios como restaurante universitário e moradia aos pós-graduandos e afirmou que “tem que mudar isso”. O secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller, encaminhará a questão, em diálogo com outras instituições interessadas no tema, como a Andifes.

CONAE

A respeito do adiamento da Conferência Nacional de Educação o ministro ponderou que não faria sentido uma conferência sem o Plano Nacional de Educação aprovado.

A ANPG discorda dessa opinião. “A conferência seria um espaço político importante de pressão da sociedade civil sobre os parlamentares pela aprovação do PNE, especialmente neste ano eleitoral”, afirmou Luana.

Universalização e Valorização das Bolsas

A posição do MEC é que o número e o valor das bolsas vem crescendo no último período e que o Orçamento da União não permite um reajuste maior.

A ANPG voltou a afirmar que, com as perdas decorrentes da inflação, as bolsas já apresentam nível de desvalorização real de 50% e que a expansão das universidades pressiona o crescimento da pós e, consequentemente do número das bolsas.

FIES para a pós-graduação

O ministro anunciou a criação de um FIES para a pós-graduação, uma reivindicação da ANPG. O FIES é o Fundo de Financiamento Estudantil, que já existe para estudantes de graduação. Através dele os estudantes de cursos pagos podem financiar as mensalidades a juros menores que os praticados pelo mercado. Segundo o MEC o projeto já está pronto e deve ser lançado em breve.

Saiba mais sobre a Campanha pela Valorização das Bolsas e Direitos dos Pós-Graduandos

Participe do 24º Congresso Nacional de Pós-Graduandos “Valorização da Ciência e dos Pesquisadores”. 1 a 4 de maio de 2014, no Rio de Janeiro.

Da Redação

Write A Comment