No último final de semana a União Nacional dos Estudantes (UNE), realizou em São Paulo o 59º Conselho Nacional de Entidades Gerais (CONEG). O fórum reuniu centenas de representantes de DCE’s, UEE’s, Executivas e Federações de Curso de todo país.

O Ex-Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, participa do 59º Coneg da UNE. Foto: Alexandre Rezende

 

No sábado, o destaque ficou por conta da presença do ex-ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, na Conferência Especial sobre Política Internacional do 59º CONEG. “Também fui da Associação Municipal dos Estudantes do Rio de Janeiro [Ames-RJ] e sofri com o incêndio da sede na Praia do Flamengo logo nos primeiros dias do golpe militar”, disse, depois da recepção calorosa que teve dos estudantes no teatro da Unip.

A vinda de um chanceler aqui nesse encontro do movimento estudantil reflete o amadurecimento da população brasileira a respeito dos temas internacionais. Reflete também o destaque que política externa teve no governo Lula”, pontuou.

Celso Amorim e Augusto Chagas, presidente da UNE. Foto: Alexandre Rezende

 

Em um discurso que foi marcado em diversos momentos pela defesa da autonomia dos povos, Amorim disse que “a paz é como o ar e a liberdade, você só percebe que ela é importante quando está em falta”. Para ele, o Brasil, por sua representatividade e importância, deve ter como uma das prioridades trabalhar pela paz, um “processo que tem que ser construído como uma contribuição para o desenvolvimento dos países” .

A recente invasão americana na Líbia, a integração latino americana e a visita do presidente dos estados Unidos ao Brasil foram outros assuntos de destaque abordados pelo ex- ministro.

 

52º CONUNE

Durante a plenária final, no domingo, foi convocado o 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (CONUNE), que será realizado em Goiânia, entre os dias 13 e 17 de julho.

Confira aqui a carta de convocação da atividade.

 

Da redação com EstudanteNet.

Author

Write A Comment