Campanha por Mais Direitos

De 27 a 29 de abril, a ANPG e o movimento nacional de pós-graduandos estarão em Brasília para exigir dos governantes mais direitos para a categoria
A ANPG realizará, com o apoio do movimento nacional de pós-graduandos, manifestações e blitz no Congresso Nacional, na última semana de abril, para pedir apoio aos parlamentares sobre as pautas de mais direitos para a categoria. Ainda, a entidade pedirá audiência com os ministros do MEC e do MCTI para apresentar as pautas da Campanha por Mais Direitos para os(as) Pós-Graduandos(as).
A Associação também promoverá, durante esse período, o Seminário Nacional de Assistência Estudantil: Políticas, Direitos e Perspectivas para a Pós-Graduação, que será realizado na Universidade de Brasília (UnB) durante o período da Caravana.
“Esta é uma pauta importante a ser debatida. A assistência é um tema de interesse de todos os segmentos da educação, desde a básica até a pós-graduação”, diz Gabrielle Paulanti, diretora de Comunicação da ANPG.
As lutas por mais investimentos públicos na formação de recursos humanos encontram-se refletidas no documento de direitos aprovado no 24º Congresso da entidade, realizado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em maio de 2014, reconhecendo o papel da pós-graduação e do pós-graduando para a qualidade do local em que atuam, na contribuição do avanço da educação, ciência e desenvolvimento tecnológico do Brasil.

Sobre a Campanha por Mais Direitos para as Pós-Graduandas e para os Pós-Graduandos:
Como fruto dos debates do 24º Congresso Nacional de Pós-Graduandos (realizado em maio de 2014) e das lutas empreendidas em sua história, a ANPG lançou, em setembro de 2014, a Campanha por mais Direitos para os(as) Pós-Graduandos(as). Essa Campanha tem movimentado os pós-graduandos do Brasil em diversas atividades que tem como objetivo a valorização da pesquisa e do pesquisador. A Campanha destaca ainda a necessidade da adoção de medidas que garantam a ampliação de direitos da categoria, dentre elas:
– Universalização e valorização das bolsas de pesquisa;
– Estabelecimento de mecanismo de reajuste anual dos valores das bolsas de pesquisa;
Assistência Estudantil: direito à moradia universitária, bandejão, atenção à saúde, passe-livre estudantil;
Mais condições de Pesquisa: 13a Bolsa de Pesquisa, Taxa de Bancada, Financiamento para eventos científicos, Tradução e Publicação, Auxílio Defesa, Direito a afastamento por razões de saúde, Férias, Equipamento de proteção individual (EPI), Adicional insalubridade;
Melhoria nas relações acadêmicas: Combate ao assédio moral e sexual, orientação e atenção periódica, direito à representação discente;
Mais verbas para Ciência e Tecnologia: Investimento de 2% do PIB brasileiro em C,T&I, Destinação dos royalties do minério para C,T&I no novo Código Mineral, Lei federal que componha os recursos do FNDCT, Aporte de recursos a cada novo projeto e programa, para que as ações correntes não sejam prejudicadas.

Participe você também desta mobilização! Divulgue a Caravana à Brasília entre os pós-graduandos de seu programa e de sua universidade. Promova atividades preparatórias e de mobilização em sua instituição de ensino. Vamos juntos lutar por mais direitos para as Pós-Graduandas e para os Pós-Graduandos.

Para mais informações, entre em contato com a ANPG: [email protected] e/ou acesse http://www.anpg.org.br/?page_id=6433

Da redação

Author

Write A Comment