O Brasil subiu cinco posições no ranking do Relatório Global de Tecnologia da Informação do Fórum Econômico Mundial e ocupa agora a 56ª posição entre 138 países do mundo.

O relatório avalia o impacto de tecnologia e comunicações no desenvolvimento e competitividade dos países em áreas como ambiente regulatório, empresarial e de infraestrutura. Também são considerados o preparo de empresas, pessoas e governos para utilizar TI e comunicações, além da implementação das tecnologias.

Segundo o estudo, "o setor corporativo inovador e sofisticado lidera o uso de TI e comunicações no país".

O Brasil atingiu a 41ª colocação entre as nações avaliadas para o preparo das empresas para as tecnologias disponíveis e 37º lugar em uso dessas ferramentas. São as companhias que estão mais avançadas em operações e transações que têm a tecnologia como ambiente principal para aumentar a eficiência e capacidade inovadora.

No entanto, o país ainda patina no desenvolvimento do mercado tecnológico, em que ocupa apenas a 93ª posição. No preparo dos indivíduos para o uso das tecnologias, o Brasil também não vai bem, e está na 110ª posição.

Na comparação com outros países do BRIC, o Brasil ainda perde para a China (36ª colocação) e Índia (48ª).

A Suécia manteve a liderança do ranking de adoção e uso da tecnologia, seguida por Cingapura, Finlândia, Suíça e Estados Unidos.

 

Fonte: Folha de São Paulo

Author

Write A Comment