Um mês mais nós, pesquisadores-bolsistas da Fapemig, nos vemos confrontados com o  delicado problema dos atrasos nos pagamentos das bolsas e da falta de uma previsão de quando o problema será sanado. Trata-se do mais recente caso de um histórico de desrespeito da agência para com seus bolsistas, histórico esse que a leva a oferecer uma bolsa tida como indesejada entre os pesquisadores de pós-graduação, sendo aceita, não raro, a contragosto e na falta de uma bolsa de agência federal.

O atraso no pagamento das bolsas, inadmissível por si só, é ainda um franco descompasso com as altas exigências que a vida acadêmica do bolsista implica. O acesso às bolsas nos programas de pós-graduação está condicionado a uma considerável produtividade e, não raro, à dedicação integral ao curso. Essas exigências implicam como contrapartida, no mínimo, seriedade e pontualidade em relação ao pagamento das bolsas, postura não adotada pela Fapemig.

Mas o problema da Fapemig não se limita aos atrasos. O programa de doutorado sanduíche, por exemplo, apresenta sérios riscos e/ou constrangimentos para os pesquisadores. Desde 2009, a agência toma o estágio de doutorado no exterior como obrigatório para seus bolsistas de programas com conceito 6 e 7 na Capes, o que pressupõe o financiamento da parte da agência. Apesar dessa obrigatoriedade, os bolsistas, que são orientados a se preparar desde o início do curso para realizar o doutorado sanduíche, têm tido dificuldade de acessar o financiamento junto à agência.

Há relatos de pedidos de bolsas de doutorado sanduíche que, apesar de todos os requisitos preenchidos, nem sequer tiveram resposta da parte da agência. Mas o atendimento ao pedido de bolsas para o doutorado sanduíche pela Fapemig não significa tranquilidade para o bolsista. O estágio no exterior pela agência implica, além dos atrasos, um orçamento bem mais reduzido se comparado com o das agências federais.

Além do não pagamento de um adicional para localidade de alto custo de vida pago nos programas das agências federais, há uma significativa perda de recursos com taxas cambiais pagas mensalmente pelo bolsista, que recebe, assim, valores efetivamente menores que o previsto.

Tudo isso confirma que a Fapemig tem deixado a desejar em relação ao fornecimento de recursos para as pesquisas científicas no estado mesmo quando se trata de algo com o que ela própria se compromete. Fica claro ainda que a Fapemig tem falhado no que diz respeito à forma como tem lidado com os pesquisadores-bolsistas, os quais se sentem constantemente desrespeitados pela agência. Nesse sentido, esperamos que a nova gestão assuma o compromisso efetivo de acabar com esse histórico negativo para a pesquisa universitária no estado, atendendo as seguintes reivindicações dos pesquisadores-bolsistas:

1) Pagamento imediato das bolsas em atraso.
2) Sério compromisso com a pontualidade: uma vez que o pagamento não é feito diretamente na conta do bolsista, a pontualidade implica o repasse em tempo hábil às fundações encarregadas de repassar aos bolsistas os recursos.
3) Regularização do doutorado sanduíche e sua equiparação aos programas da Capes e do CNPq em todos os aspectos, o que inclui o pagamento de adicionais para localidade de alto custo de vida e mensalidades pagas no exterior na moeda do país de realização do estágio, evitando as taxas cambiais que resultam em significativas perdas para o bolsista.
4) Pagamento da taxa de bancada de doutorado junto com o pagamento das bolsas, para que o próprio bolsista gerencie os recursos: atualmente é preciso em muitos casos solicitar formalmente e mediante justificativa esses recursos ao programa, o que cria mais uma intermediação.
5) Disponibilização de telefones para contato direto com a agência, como fazem a Capes e o CNPq: a Fapemig se esconde atrás de uma burocracia anônima e se distancia dos pesquisadores, mesmo quando deve informações a estes.

PESQUISADORES-BOLSISTAS DA FAPEMIG
1. Aline Viveiros – Mestrado em Enfermagem – UFMG
2. Amanda Barbosa de Oliveira – Graduação Economia Doméstica – Ufv
3. Ana Carolina de Miranda Carvalho – Mestrado em economia – UFMG
4. Ana Cecilia de Almeida – mestrado em economia aplicada – UFV
5. Ana Gabi Sousa Novais – Mestrado em estética e filosofia da arte – UFOP
6. André Cordeiro Valério – Mestrado em Economia – UFMG
7. André Willian Alves de Assis – Doutorado em Estudos Linguístico – UFMG
8. Annelise Júlio Costa – Doutorado em Neurociências – UFMG
9. Camila Ribeiro Magalhães – Mestrado em biologia vegetal – UFMG
10. Carla Elisa Alves Bastos – Doutorado em Fisiologia Vegetal – UFV
11. Carla Paixão Miranda – Mestranda em Medicina Tropical – UFMG
12. Carlos Otávio de Freitas – doutorando Economia Aplicada – UFV
13. Caroline Rocha Valente – Graduação em Psicologia – UFSJ
14. Clauber Eduardo Marchezan Scherer – Doutorado em Economia – UFMG
15. Clebson Luiz de Brito – Doutorado em Estudos Linguísticos – UFMG
16. David Barbosa Medeiros – Fisiologia Vegetal – UFV
17. Débora Couto de Assis – Mestrado em Geografia – UFJF
18. Diego Silva Batista – Doutorado em Fisiologia Vegetal – UFV
19. Diogo Tomaz Pereira – Mestrado em História – UFJF
20. Edmo Montes Rodrigues – Doutorado em Microbiologia Agrícola – UFV
21. Edna Gómez Victoria – Doutorado em Patologia – UFMG
22. Fernanda Figueiredo de Araujo – Mestrado em Ecologia, Conservação e manejo da
vida silvestre – UFMG
23. Fernando Altoé – Graduação em História – UFV
24. Flávia F. David – Doutoranda em Ciência Política – UFMG
25. Frederick Fagundes Alves – Doutorado em Economia Aplicada – UFV
26. Gabriel Vita Silva Franco – Graduação em Ciência da Computação – UFV
27. Gabriele Almeida de Paula – Graduação em Engenharia de Produção- UFV
28. Guilherme de Paula Costa – Doutorando em Ciências Biológicas – UFOP
29. Guilherme Fonseca Travassos – Doutorado em Economia Aplicada – UFV
30. Hygor Mezadri – Doutorado em Biotecnologia – UFOP
31. Isabella Cristina Rosa Fernandes – Graduação em Química – UFV
32. Ivan da Silva Melo – Mestrando em Administração – UFV
33. Izabel de Souza Chaves – Doutorado em Fisiologia Vegetal – UFV
34. Izabelly Alexandre dos Passos – Graduação em Psicologia – UFMG
35. Janicy Pereira Rocha – Doutorado em Ciência da Informação – UFMG
36. Jéssica Alessandra Santos Brito – Mestrado em Administração – UFMG
37. Jéssica Sapore de Aguiar – Mestrado em Educação – UFMG.
38. José Geraldo Mendes Castro Júnior – Mestrado em Química – UFVJM
39. Júlia Crespo Caldeira Monari – Graduação em Geografia – UFV
40. Karina de Sousa Paula – Mestrado em Medicina Tropical – UFMG
41. Karinne Regis Duarte – Doutorado em Psicologia – PUC-Minas
42. Kenia Kiefer Parreiras de Menezes – Doutorado em Ciências da Reabilitação –
UFMG
43. Laís Regina dos Santos Folquitto – Mestrado em Química – UNIFAL-MG
44. Layla Barbosa Alves – Graduação em Engenharia de Alimentos – UFV
45. Leilane Carvalho Barreto – Doutorado em Biologia Vegetal – UFMG
46. Levi Eduardo Soares Reis – Doutorado em Ciências Farmacêuticas – UFOP
47. Lílian Maria Vincis Pereira Sanglard – Doutoranda em Fisiologia Vegetal – UFV
48. Lorena Lana Pinto – Doutorado em Ecologia – UFMG
49. Lorenzzo Rodrigues Frade – Mestrado em filosofia – UFMG
50. Luana Hordones Chaves – Doutorado em Sociologia – UFMG
51. Lucas Bragança de Carvalho – Doutorando em Agroquímica – UFLA
52. Luciano Perdigão Cota – Doutorado em Engenharia Elétrica – UFMG
53. Luis Henrique Rodrigues da Silva – Graduação em Engenharia Aeronáutica –
UFU
54. Luma Peixoto Alves – Graduação em Psicologia – UFSJ
55. Luz Alba Ballen – Mestrado em Microbiologia – UFMG
56. Mak Alisson Borges de Moraes – Mestrando em Psicologia – UFU
57. Maola Monique Faria – Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas – UFV
58. Marcela Cristine Silva – Doutorado em Ciências Biológicas: Fisiologia e
Farmacologia – UFMG
59. Mariana Caroline Tocantins Alvim – Doutorado em Microbiologia Agrícola –
UFV
60. Mariana de Paula Reis – Doutorando em Genética – UFMG
61. Michelle Silva Ramos- Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos – UFV
62. Nadja Biondine Marriel – Mestrado em Biologia Celular e Estrutural –UFV
63. Nathália de Lima e Martins Lara – Doutorado em Biologia Celular – UFMG
64. Neli Jose da Fonseca Junior – Mestrado em Bioinformática – UFMG
65. Paulo Mafra de Almeida Costa – Doutorado em Genética e Melhoramento – UFV
66. Poliana Aparecida Lopes Machado – Mestrado em Química – UNIFAL-MG
67. Rafael Jose de Paula Braga – Mestrado em História – UFJF
68. Rafael Lacerda Silveira Rocha – Doutorado em Sociologia – UFMG
69. Raul Luciano Lopes do Carmo – Mestrado em Química – UFMG
70. Rayner Christian Rodrigues Pereira – Graduação Engenharia Elétrica – UFMG
71. Regina Mendes Araújo – Doutorado em História – UFMG
72. Ricardo Machado Rocha – Doutorado em Estudos Linguísticos – UFMG
73. Ricardo Patrick Donizete Silva – Mestrado em Química Inorgânica – UNIFAL
74. Rodrigo Cavalcante Michel – Doutorado em Economia – UFMG
75. Sabrina de Matos Carlos – Mestrado em Economia Aplicada – UFV
76. Soraia Viana Ferreira – Mestrado em Zootecnia – UFV
77. Tales Mota Machado – Mestrado em Ciência da Computação – UFOP
78. Tamiris Maria de Assis – Doutorado em Agroquimica-UFLA
79. Tassiana Gonçalves C. Dos Santos – Graduação em Psicologia – UFSJ
80. Tatiane Gabi de Oliveira – Mestrado em engenharia de Materiais – UFOP
81. Thais Bento da Silva – Graduação em Engenharia Elétrica – UFV
82. Thayse Batista Moreira – Mestrado em Parasitologia – UFMG
83. Thiago Henrique Mota Silva – Doutorando em História – UFMG
84. Tiago Felipe Paiva Araújo – Graduação em Administração – UFV
85. Valéria Cavalcante – doutorado solos e nutrição de plantas – UFV
86. Willian Ricardo dos Santos – Doutorado em Filosofia – UFMG

5 Comments

  1. Isabela Pereira Lanza Reply

    87 – Isabela Pereira Lanza – Mestrado ciência animal – UFMG

  2. Jeferson Almeida Dias Reply

    Quero assinar também!
    Mestrando em Ciência e Engenharia de Materiais – UNIFAL-MG

  3. Pâmela Talita do Couto Reply

    87. Pâmela Talita do Couto – Mestrado Engenharia Ambiental – UNIFAL – MG

Write A Comment