Atualmente a Plataforma Lattes conta com registros de cerca de 6,5 milhões de pesquisadores, professores e pós-graduandos. Todos os dias centenas de pessoas estão atualizando seus currículos e no começo de janeiro deste ano muitos pós-graduandos alegavam encontrar problemas técnicos para fazê-lo.
A ANPG, provocada por muitos pós-graduandos que estavam tendo problemas de acesso e atualização, pediu explicações para o CNPq que alegou que o problema foi identificado por sua equipe técnica de informática, que constatou 82 mil casos com erro que precisam ser processados.
De acordo com a agência de fomento, dado a quantidade de currículo, é preciso 24 a 36 horas para terminar de reprocessar esse conjunto de currículos. O CNPq ainda afirma estar consciente que a ausência do serviço de currículo lattes causa um impacto na sociedade e prometeu incluir novas rotinas para evitar esse tipo de problema no futuro próximo.

Write A Comment