Serão investidos R$ 4,23 milhões em sete programas estaduais para apoiar cerca de 280 projetos

Estão definidos os editais a serem lançados no primeiro semestre pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern) a serem executados exclusivamente com recursos estaduais. A expectativa é lançar em fevereiro os editais "Mídia Ciência" e "Difusão e Popularização de Ciência e Tecnologia". O primeiro apoiará a divulgação científica através de bolsas para jornalistas e radialistas, enquanto o segundo visa incentivar a realização de encontros científicos e feiras de ciências.

 

Em março, também deverão ser lançados dois editais: o edital de apoio a pesquisas que visem à promoção da melhoria do ensino nas escolas públicas e o edital "Geração do Conhecimento", que concederá bolsas para estudantes de mestrado e doutorado. A previsão é que sejam concedidas cerca de 110 bolsas a mestrandos e doutorandos matriculados em instituições de nível superior sediadas no estado do Rio Grande do Norte.

 

Com lançamento previsto para abril, o Programa Prioridade Potiguar vai apoiar projetos que visem ao provimento de soluções para áreas prioritárias para o estado, como saúde, segurança, reforma do Estado e ajuste fiscal, educação e desenvolvimento sustentável. Os candidatos ao Programa deverão ter produtividade nível 1 no CNPq.

 

Artistas e pesquisadores que utilizam novas tecnologias aplicadas à arte deverão ficar atentos ao edital "Arte Tecnológica", cuja publicação deve sair em junho. Doutores em exercício ou aposentados no magistério em instituições de ensino superior receberão apoios para a publicação de livros, vídeos e CD e DVD no edital "Auxílio à Publicação", previsto para julho.

(Assessoria de Comunicação da Fapern)

Author

Write A Comment