A Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), entidade representativa em âmbito nacional dos estudantes de pós-graduação, vem, através desta, prestar solidariedade ao movimento estudantil organizado que, recorrentemente, tem sofrido julgamentos no modo de manifestar suas lutas e no seu papel dentro das instituições de Ensino Superior.

A ANPG que convoca o movimento nacional de pós-graduandos a organizar-se em defesa de seus direitos e pela valorização da pesquisa e do pesquisador acredita que as manifestações, em prol de melhores condições de formação, são características da luta política que converge para o avanço e melhoria da educação pública. Lutar por políticas de ampliação, permanência e democratização do acesso ao ensino superior, como bandeiras históricas dos movimentos sociais, não pode gerar sua criminalização, tampouco o cerceamento do direito democrático de livre expressão e organização dos estudantes, inclusive, nos seus espaços de representação e deliberação.

As universidades enquanto espaços de produção de conhecimento e formação de agentes sociais, devem garantir a pluralidade de ideias e refletir no seu cotidiano o estímulo à participação política dos estudantes, com autonomia de organização e garantia de representação. Papel da universidade é oferecer também oportunidades de formação política para a constituição de novos sujeitos e coletivos, implantando/implementando processos educativos coerentes com o fazer profissional que se aspira. Portanto, esta formação é um desafio para gestores, instituições de ensino e controle social, por reconhecer nos estudantes agentes micropolíticos na construção de uma sociedade mais justa.
Atos pacíficos, sem depredação ou qualquer tipo de coação a funcionários são instrumentos de luta e modos de manifestar as limitações sentidas e propor soluções para de problemas encontrados no regime didático-científico das instituições. No entanto, em virtude da criminalização que tem sofrido o movimento estudantil por pressionar pelo atendimento de suas demandas, estudantes, muitas vezes, são processados administrativa, civil e penalmente.

A ANPG, enquanto entidade do movimento estudantil, enxerga nos atos o compromisso ético-político na construção da Universidade que responde aos anseios da sociedade. Nesse sentido, reforçamos a necessidade de que a comunidade acadêmica possa construir uma melhor relação dialógica com o movimento estudantil organizado, no intuito de avançarmos para uma educação laica e de qualidade para todos.
Assim, nos colocamos solidários aos estudantes que manifestam pautas em defesa dos seus direitos e melhorias para a comunidade acadêmica, de forma responsável e sem prejuízos ao patrimônio usufruído por tantos.

Associação Nacional de Pós-Graduandos – ANPG

Author

Write A Comment