reunião com Dilma

A ANPG e representantes de mais de 60 Movimentos Sociais e da Frente Brasil Popular se reuniram com Dilma na manhã desta quinta-feira (17), em Brasília, para apresentar propostas e opiniões relacionadas ao rumo do país.

Estavam presentes também figuras como Leonardo Boff, Chico César, Tico Santa Cruz e Luiz Carlos Barreto.

Os principais eixos defendidos são a contrariedade do golpe em curso, através do Impeachment da Presidenta Dilma, pela cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que representa grandes retrocessos do último período, e o fim do ajuste fiscal do Ministro Joaquim Levy, que tem sido responsável pela perda de direitos trabalhistas e sociais.

“Durante a reunião, dissemos que o movimento social brasileiro não acredita e não aceitará nenhum golpe à democracia do nosso país. Acreditamos que a proposta de impeachment sem uma base legal se configura como um golpe. Não aceitaremos, pois acreditamos que com o golpe não é possível garantir nenhum direito, nenhum avanço social. Além disso, apresentamos à presidenta Dilma a nossa preocupação e convicção de que é preciso mudar a atual política econômica, é preciso garantira ampliação do emprego e garantir a renda da população brasileira para que possamos avançar”, diz Tamara.

Da redação

Author

Write A Comment