Pós-graduandos(as) na 3ª Conferência Nacional de Juventude.
Pós-graduandos(as) na 3ª Conferência Nacional de Juventude.

A ANPG e diversos pós-graduandos e pós-graduandas estão em Brasília para a etapa nacional da 3ª Conferência Nacional de Juventude, que começou quarta-feira (16) e segue até sábado (19). Com o tema “As Várias Formas de Mudar o Brasil”, dois mil delegados e delegadas de todos os estados, jovens eleitos nas etapas presenciais e digital – por meio de um aplicativo -, representarão as reivindicações e lutas da juventude brasileira. Os debates servirão de subsídio para a formulação do Plano Nacional de Juventude.

Na quarta-feira, início do encontro, a cerimônia da abertura contou com a presença da ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, ao lado do secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, e do presidente do Conselho Nacional de Juventude, Daniel Souza. Após a abertura foi realizado um grande encontro dos jovens com o ex-presidente e atual senador uruguaio, José Pepe Mujica, e a presidenta Dilma Rousseff.

A programação do evento conta ainda com uma mostra artística, cultural e científica selecionada por meio da chamada pública “Manifesta”, que traz uma grande diversidade de shows, oficinas, pesquisas, materiais audiovisuais e danças produzidas por jovens de todo o Brasil. A primeira noite da Conferência, misturando-se com as atividades propostas pelos jovens, contou com show do rapper Emicida e de convidadas como as rappers Karol Conká e Drik Barbosa, além do MC Rico Dalasam.

Durante a Conferência, os delegados irão debater e votar propostas de políticas públicas prioritárias a serem implementadas pelos governos, em grupos de trabalho divididos entre os 11 eixos do Estatuto da Juventude: Participação, Educação Segurança, Meio Ambiente, Trabalho, Saúde, Cultura, Esporte, Diversidade, Território e Comunicação. Outros temas serão discutidos em Arenas Livres, espaços de livre participação entre os participantes da Conferência e convidados.

A 3ª Conferência também receberá delegações internacionais representando governo e sociedade civil. Ocorrerão dois encontros: o primeiro consiste num seminário que reunirá gestores de políticas públicas de juventude do mundo todo e a Organização das Nações Unidas (ONU). O segundo será uma reunião de convidados internacionais dos países da comunidade dos Países de língua portuguesa (CPLP) e representantes da sociedade civil.

Confira mais detalhes sobre a programação do evento aqui

Opinião das Pós-Graduandas e dos Pós-Graduandos

“Acho importante a participação da ANPG na formulação das políticas públicas de juventude porque é essencial como marcação de espaço da entidade e também porque é essencial que todos os atores estejam envolvidos nesse processo de construção coletiva”, diz Fernando Alves, mestre em Ciências Políticas pela USP.

O pernambucano Walace Melo, mestrando em ciências sociais, parabeniza a atuação da ANPG durante o evento: “estou na Conferência de Juventude, junto com a galera da ANPG, para discutir questões importantes sobre políticas públicas de juventude, políticas educacionais, de segurança, e sobre a construção de um novo Brasil, uma nova política. A ANPG está aqui nesta Conferência muito vitoriosa, que reúne mais de 2.000 delegados, gestores públicos, intelectuais, artistas, estudantes, trabalhadores, para dizer que queremos uma nova lógica de sociedade. A entidade está cumprindo um papel bastante relevante, apontando importantes passos para construção de uma educação pública, gratuita e de qualidade”.

Assista aos depoimentos das pós-graduandas Alecilda Oliveira, diretora da anpg, de Minas Gerais, e Diandra Melo, de Pernambuco, presentes na Conferência:

Author

Write A Comment