capturar-jpg
Crédito: Cláudia Marins – Cnpq

O recém-empossado presidente do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-graduação (Foprop), Prof. Joviles Vitório Trevisol, esteve em Brasília para um encontro com o Presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Mario Neto Borges, nesta quinta-feira, 15.
Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Trevisou terá, no papel de dirigente do Foprop, um assento no Conselho Deliberativo do CNPq, como convidado, com direito a voz.
Mario Neto expressou o interesse em aumentar o relacionamento com o Forprop no sentido de ampliar e aperfeiçoar a parceria dos Pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação com o CNPq. “É um passo essencial para o avanço da pesquisa e da pós-graduação no País. O diálogo articulado não só com o CNPq, mas também com a CAPES, será muito importante e benéfico para a ciência brasileira”, afirmou o presidente do CNPq.
O Prof. Joviles estava acompanhado de outros membros da nova gestão do Fórum: a vice-presidente, Profa. Beatriz Ronchi Teles do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e o Coordenador Regional Sudeste, Prof. Márcio de Castro Silva Filho da Universidade de São Paulo (USP). O mandato é de um ano, de dezembro de 2016 a dezembro de 2017.
O Foprop
O Fórum representa 241 instituições brasileiras de Ensino Superior, defende as políticas de incentivo a pesquisa e a pós-graduação e tem influência tanto na área científica quanto no meio político. Em 2017, o Foprop completa 32 anos.
Graduado em Filosofia pela Universidade de Ijuí (1993), o novo presidente é Pós-Doutor em Sociologia pelo Centro de Estudos Sociais, da Faculdade de Economia, da Universidade de Coimbra (2006) sob a orientação do sociólogo Boaventura de Sousa Santos. Concluiu o doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (2000) e é Mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1995).
Fonte: Coordenação de Comunicação Social do CNPq

Write A Comment