O médico Luiz Hildebrando Pereira da Silva, professor-emérito da USP e da Universidade Federal de Rondônia, recebe nesta segunda-feira, às 19h, no Memorial da América Latina, o Prêmio Averroes 2010 

A láurea foi instituída para homenagear profissionais que compartilham o conhecimento da sua área com pessoas ainda em formação. O prêmio leva o nome de Averroes, como é conhecido no Ocidente o filósofo e médico Abu al-Walid Muhammad Ibn Rushd, nascido em Córdoba, Espanha, no século 12.

Ele se destacou pela transmissão de conhecimentos a seus discípulos e pela influência não só no mundo islâmico da época mas também entre pensadores católicos, como São Tomás de Aquino, e judeus, como Maimonides.

Exilado

Exilado por motivos políticos em 1968, Pereira da Silva desenvolveu brilhante carreira como cientista do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica da França) no Instituto Pasteur de Paris, alcançando posições de chefe dos Departamentos de Biologia Molecular e de Imunologia e de diretor da Unidade de Parasitologia Experimenta l.

Aposentado na França em 1996, retornou no ano seguinte ao Brasil e criou o Instituto de Pesquisas em Patologias Tropicais de Rondônia, onde continua com seu trabalho de pesquisa em imunologia e epidemiologia da malária.

Fonte: Jornal da Ciência.
Publicado originalmente da Folha de S. Paulo, em 19/9/2010

 
 

Author

Write A Comment