site-768x457-1
Fomentar a diversidade na área das pesquisas científicas é buscar a promoção das igualdades e a inclusão das diferenças no âmbito acadêmico. Pensando nisso, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (Secti), e com a Secretaria Estadual de Políticas para Mulheres da Bahia (SPM), lança o edital Bahia pela Diversidade – Edição Mulheres nas Ciências.
O lançamento do edital acontece no Palácio da Aclamação, hoje às 14h30, e será aberto ao público. O objetivo é reconhecer o trabalho de excelência realizado por pesquisadoras e cientistas que prestam relevante contribuição ao desenvolvimento do estado da Bahia, além de reconhecer o trabalho de mulheres, cujos projetos e trajetória atual indiquem seu potencial de contribuição para sua área de atuação.
O diretor-presidente da Fundação, Eduardo Almeida destaca a importância do prêmio. “A área das Ciências Exatas e das Engenharias sempre foi um ambiente predominantemente masculino. Precisamos reverter isso. Devemos reconhecer o trabalho de pesquisadoras nestes campos de pesquisa e abrir, cada vez mais, espaço para as mulheres”, afirmou.
A primeira edição do Prêmio tem como tema Mulheres na Ciência, mas a proposta é que a cada ano, um nicho diferente de pesquisadores seja contemplado. A partir da data de lançamento, estará aberta a consulta pública para que sejam encaminhadas as indicações das pesquisadoras à Fapesb.
A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres, Olívia Santana, reafirma a necessidade de iniciativas como esta que além de estimular a ampliação da presença das mulheres baianas em áreas ainda tidas como masculinas, como é o caso da área das ciências, principalmente das ciências duras, fomenta o debate nas universidades sobre a equidade de gênero.
Ao todo serão premiadas seis pesquisadoras nas áreas de Ciências Exatas, da Terra e Engenharias e Ciências Biológicas. Os prêmios variam de R$5 mil a R$ 15 mil. Esclarecimentos sobre o Edital podem ser obtidos através do e-mail prem[email protected] e no site da Fundação, www.fapesb.ba.gov.br

Write A Comment