Os projetos aprovados serão financiados com recursos estimados R$ 16,3 milhões. Propostas poderão ser enviadas até a segunda quinzena de março

O Edital 064/2009, lançado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq) e pela Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do Ministério da Ciência e Tecnologia (Secis/MCT), em parceria com as Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs), teve suas inscrições prorrogadas. O novo prazo para submissão das propostas é a segunda quinzena de março.

 

O principal objetivo é apoiar atividades que propiciem a instalação e o fortalecimento de espaços científico-culturais, como centros e museus de C&T, planetários, jardins zoobotânicos, parques de ciência e instituições similares, visando promover a expansão e a melhoria de suas ações, tendo como finalidade aprimorar a difusão e popularização da cultura científico-tecnológica junto à sociedade brasileira e contribuir para a melhoria da qualidade do ensino das ciências.

 

A ação também pretende promover atividades para valorizar e estimular a criatividade, a experimentação e a interdisciplinaridade no campo da divulgação científica; colaborar para a melhoria e atualização do ensino das ciências em todos os níveis de ensino; estimular jovens a seguirem carreiras científicas e tecnológicas, além de promover o uso e a difusão de resultados da C&T em ações de inclusão social e redução das desigualdades.

 

O proponente pode ser pesquisador, professor ou especialista vinculado à instituição de pesquisa, museu e centro de C&T, planetário, jardim zoobotânico, parque da ciência e outros espaços científico-culturais, empresa pública que execute atividades de pesquisa em CT&I e de popularização da C&T, todas sem fins lucrativos. Além disso, deve ser obrigatoriamente o coordenador do projeto, ter o currículo cadastrado na Plataforma Lattes e vínculo formal com instituição. As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente por meio do Formulário de Propostas Online, disponível na Plataforma Carlos Chagas.

 

Parcerias

 

A adesão das FAPs, com alocação de recursos próprios, permitirá a ampliação do número de propostas contempladas. Participam as fundações de Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe, co-financiando propostas selecionadas cujas instituições sedes estejam em seus respectivos estados. Estão disponíveis R$ 16,31 milhões, sendo R$ 7 milhões da Ação Transversal do FNDCT/Fundos Setoriais e R$ 9,31 milhões das FAPs parceiras.

 

Para saber mais consulte o edital, disponível em http://www.cnpq.br/editais/ct/2009/064.htm

(Assessoria de Comunicação do CNPq)

Author

Write A Comment