APGs estão sendo construídas em todo o Brasil. A busca é pela integração dos pós-graduandos nos diferentes centros de pesquisa e universidades, a favor de seus direitos e por uma educação de qualidade. A ANPG convoca todos os pós-graduandos do país a construírem a APG de sua universidade e os convida desde já para o 38º Conselho Nacional de APGs – CONAP, que acontece entre os dias 18 e 21 de agosto em Pernambuco.

Quer saber como você pode construir uma APG em sua universidade? Veja nossa cartilha AQUI.

 

Na Federal de Juiz de Fora, estudantes de mestrado e doutorado e residentes do Hospital Universitário se reúnem
 

Comissão pró-APG UFJF

No último dia 15 de junho, diversos pós-graduandos de seis programas de mestrado e doutorado diferentes da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) se reuniram para debater os problemas que têm enfrentado com as bolsas de pesquisa, e a necessidade de se manterem organizados em defesa dos seus direitos.

Atualmente, muitos pós-graduandos mantêm seus estudos sem a bolsa, o que força a procura de emprego, e assim não podem se dedicar exclusivamente à pesquisa. Além disso, depois da confusão da CAPES/CNPq em relação à possibilidade do pós-graduando poder ter a bolsa em conjunto com vínculo empregatício, alguns pós-graduandos tiveram suas bolsas canceladas e repassadas a quem não tinha este vínculo.
mais e melhores bolsas, e garantir que todos tenham o direito às bolsas da CAPES ou CNPQ. Não nos interessa a alternativa de procurar um trabalho para sobreviver, o que implicaria em não se dedicar integralmente as nossas pesquisas.

 
A presidente Dilma e o ministro das Ciências e Tecnologia, Aloizio Mercadante, devem colocar no centro se suas políticas o atendimento das reivindicações dos pós-graduandos, dentre elas o reajuste imediato do valor e do número das bolsas, as quais ainda são insuficientes para o numero de pós-graduandos que temos no país. Uma medida urgente é a reversão do corte de 50 bilhões do orçamento da união, direcionando essa verba para os serviços públicos, dentre eles a ciência etecnologia.

Ao final da reunião foi criada a comissão pró-Associação de Pós-Graduandos (pró-APG) da UFJF, já com próxima reunião marcada (29/06).

Residentes do Hospital Universitário da UFJF debatem a situação das bolsas

34 residentes de 5 programas diferentes se reuniram no último dia 16 para discutir qual a real situação das bolsas dos residentes após o Senado não ter aprovada a Medida Provisória 521, que estabelecia o aumento de 22% nas bolsas dos residentes.
Assim como a mobilização nacional, os residentes na UFJF estão em estado de alerta, e ainda não tem nenhuma garantia que terão as suas bolsas nos mesmos valores no mês que vem. Ainda que o governo tenha enviado uma nota informando que uma nova MP será editada com o mesmo conteúdo para que os residentes não sejam prejudicados.

Além disso, foi discutida a situação de sobrecarga devido a carga horária de 60 horas semanais que os residentes tem que cumprir, em alguns casos ultrapassando.

Uma reunião foi marcada para o dia 05.07, para definir quais posicionamentos serão tomados caso a bolsa tenha o seu valor reduzido. Os residentes em todo Brasil estão atentos aos encaminhamentos dos próximos dias e esperam que nenhum direito seja retirado. Caso contrário, de forma organizada, vão às ruas exigir seus direitos.

(Da redação e com Joelson Souza, diretor da ANPG)
 

Author

Write A Comment