O governador, Raimundo Colombo, assinou termo de cooperação com a empresa Embraco, que prevê o repasse de R$ 10 milhões para as universidades e centros de pesquisa que atuam no estado.

O objetivo é atrair mais investimentos e oportunidades na área de tecnologia. "Trata-se de uma parceria que oportunizará novos avanços e inovações", disse o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen. O convênio possibilitará ao órgão público e à iniciativa privada definirem as linhas de pesquisa em conjunto.

Os recursos serão repassados diretamente às instituições envolvidas ao longo de 60 meses, totalizando R$ 5 milhões pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), e R$ 5 milhões pela Whirlpool S.A. (empresa da qual a Embraco faz parte).

O montante a cada universidade depende do projeto de pesquisa, que deverá abranger temas como eficiência energética, termodinâmica, nanotecnologia, entre outros que estão na pauta da inovação no País.

(JC com informações da SDS)

Author

Write A Comment