30 DE AGOSTO

Em um movimento que começou com a luta da juventude pela redução das tarifas de transporte e que tomou um grande vulto, milhares de pessoas em dezenas de capitais e municípios do país foram às ruas em defesa dos serviços públicos de qualidade durante as mobilizações de junho/julho.As reivindicações levantadas nas ruas encontram barreiras na política de superávit primário, que reserva cerca de 48% do Orçamento Público para o pagamento de dívida que não foi criada pelos jovens e trabalhadores.
É também verdade que as reivindicações das ruas demandam por mais participação e transparência e entram em contradição com as instituições do nosso país que são herdadas da ditadura militar.A sensibilidade da Presidenta Dilma ao anunciar um plebiscito por uma constituinte e pela reforma política, não pode ser desperdiçada por negociatas no Congressoedeve ser imediatamente retomada.
 
Os pós-graduandos, que há 5 anos lutam junto às APG’s e à ANPG pela universalização e reajuste no valor das bolsas de pesquisa, por condições dignas de estudo e pesquisa e pela assistência estudantil aos pós-graduandos, também estiveram nas ruas na luta para que nada seja como antes nesse país. Estiveram ao lado dos milhares de jovens que foram as ruas pela redução das tarifas e pelo passe livre.
No dia 11 de julho, a classe trabalhadora entrou em cena com as Centrais Sindicais, com a convocação do Dia Nacional de Lutas, se unindo a luta da juventude em defesa dos direitos democráticos na luta por uma nação soberana.
 
Uma nova situação se abre no país.
 
É hora de mostrar que não descansaremos enquanto nossas pautas não forem atendidas. Os Movimentos Sociais da cidade e do campo, em grande clima de unidade, chamam para o dia 30 de agosto um Dia Nacional de Paralisações.
 
A ANPG convida todas as APG´s e pós-graduandos a paralisarem suas atividades neste dia e realizem panfletagens, atos, debates, a fim de somar forças à luta pelo passe livre estudantil, por mais e melhores bolsas, com reajuste de 50% para recompor as perdas inflacionárias dos últimos anos e garantia de reajuste já no orçamento de 2014 e em defesa dos direitos dos pós-graduandos.
            
Vamos paralisar os programas de pós-graduação e mostrar que a pós-graduação está na luta por condições dignas de estudo e pesquisa.
 

Em 30 de agosto: paralise sua universidade por:

– Passe livre estudantil já!

– Por mais e melhores bolsas: reajuste já para o orçamento de 2014 nas bolsas com ganhos reais acima da inflação! Rumo a recomposição integral dos valores das bolsas defasadas em 50%!

– Assistência estudantil para os Pós-graduandos!

 
 
 

 

Author

Write A Comment