Foi registrada hoje (24) a criação da Frente Parlamentar Mista em defesa da Pós-Graduação e da Ciência e Tecnologia, iniciativa da ANPG com o apoio do deputado Davidson Magalhães (PCdoB-BA), que tem como objetivo reunir Deputadas, Deputados, Senadoras e Senadores preocupados com a Pós-Graduação e com a CeT, para defender os esforços dos pesquisadores em torno da produção de ciência e tecnologia, bem como a conquista de direitos e melhores condições para o trabalho desenvolvido pelos pós-graduandos.

Além disso, a Frente, cuja criação recebeu mais de 200 assinaturas de parlamentares que demonstram apoio, irá acompanhar as políticas e ações que objetivem a defesa dos interesses da Pós-Graduação; promover debates, simpósios, seminários e outros eventos relacionados ao tema; promover o intercâmbio com entes públicos e organizações da sociedade civil, visando o aperfeiçoamento das ações e políticas em defesa da pós-graduação e da CeT, entre outras ações que visam promover e melhorar a condição da pós-graduação e do pesquisador no Brasil.

“A principal função da Frente, de agora em diante, é alocar projetos de lei, audiências e propostas, que mantenham, sempre, um diálogo acerca da melhoria das condições e dos direitos e o fortalecimento da pós-graduação brasileira como instituição dentro da Ciência e Tecnologia e seu papel fundamental e estratégico para tal área”, afirma Gabriel Nascimento, Vice-Presidente Regional Centro Oeste da ANPG. A Frente Mista já tem uma coordenação, que conta com Cristovam Buarque, Margarida Salomão, entre outros, e já possui alguns projetos a serem apresentados, como o PL do valor das bolsas de pesquisa, o PL com relação à licença maternidade e da PL das cotas.

Da Redação

Write A Comment