A ciência brasileira pede socorro. Bolsonaro já demonstrou que é inimigo do pensamento livre e da produção de conhecimento. Os cortes orçamentários que afetam as universidades e as agências de fomento à pesquisa, como a Capes e o CNPq, fazem parte de um projeto que visa atacar os pilares da Nação e desestruturar a capacidade do país construir um projeto de desenvolvimento do qual o povo trabalhador faça parte.
Por isso, hoje, defender a ciência contra o obscurantismo é a causa unifica o país e mobiliza grandes parcelas da sociedade. As grandes manifestações mostraram que há energia para enfrentar os ataques e obrigaram o governo a reverter parcialmente os cortes.
Mas há muito por fazer e sua participação é fundamental. Você pode ajudar a ciência a resistir, sobreviver e se fortalecer. A batalha da vez é pelo orçamento de 2020. É preciso garantir recursos suficientes para a recomposição e o pagamento de todas as bolsas de estudo e o funcionamento pleno das universidades federais no ano que vem.
Por isso, a ANPG tem trabalhado para mobilizar os pós-graduandos e pressionar e convencer parlamentares de todos os partidos a ampliarem os recursos para essas áreas. Sua ajuda é fundamental para pressioná-los em suas bases eleitorais. O instrumento usado será o abaixo assinado #TireAMãoDaMinhaBolsa, que é uma iniciativa vinculada à Campanha SOS Ciência. Funciona assim:

  1. Assine e divulgue o abaixo assinado em defesa das bolsas de estudos, das agências de fomento (CAPES e CNPq) e do orçamento da Educação e Ciência e Tecnologia. É fácil, é só entrar no bit.ly/TireaMaodaMinhaBolsa e assinar. Compartilhe com seus amigos e consiga mais assinaturas!
  2. Utilize o abaixo-assinado como texto padrão e dispare para os e-mails dos deputados e senadores de seu estado. Veja a lista com e-mails e contato dos parlamentares aqui: bit.ly/2mJbnkS
  3. Convoque seus colegas do grupo de pesquisa, programa e campus para falar sobre a conjuntura da pós-graduação, ciência e educação no país.
  4. Organize uma assembleia de pós-graduandos e pesquisadores junto com sua APG para debater a defesa da pós-graduação e ciência no país. No dia 02 de outubro em sua instituição vale promover atividades como ato de rua, exposição para a sociedade sobre o que é produzido em sua instituição…).
  5. Marque presença no evento geral da greve do dia 02. Faça um evento com as informações da sua instituição. Coloque a ANPG como co-organizadora junto com sua APG e divulgue para todo mundo. Esse é o link www.facebook.com/events/420538198586250/ 
  6. Converse com professores, funcionários e familiares sobre a importância da greve para a ciência no país.
  7. Forme uma comitiva de pós-graduandos e pesquisadores, inclua professores, membros da Instituição para se juntar à marcha em Brasília dia 02. Vamos dialogar com os parlamentares sobre a importância de mais investimentos para ciência e tecnologia.
  8. Preencha o formulário da ANPG e nos ajude divulgar suas atividades nas redes da entidade. Tire fotos, vídeos, chamadas da preparação da greve e no dia 02 de outubro e divulgue nas redes marcando a ANPG. Estamos juntos nessa! Inclua também as informações sobre a marcha à Brasília. Esse é o link  bit.ly/2kGAcxu
  9. Passe em sala, laboratório, corredores da instituição, mande e-mail para todos do programa de pós e instituição, convocando e falando da importância de parar as atividades dia 02.
  10. Faça oficina de cartazes, imprima as plaquinhas e os materiais disponíveis no Drive da Greve. O link é esse aqui bit.ly/2kLukTl

Vamos juntos nessa luta e fazer uma grande greve no dia 2 de outubro em defesa da Pesquisa, Ciência e da Educação.

Escreva um Comentário