wikicommons
Crédito: wikicommons

A SBPC e ABC enviaram carta ao governador, José Ivo Sartori, alertando sobre consequências para a economia gaúcha de medida que propõe extinguir três fundações científicas do Estado. Em carta encaminhada hoje, a SBPC ressalta também a importância de órgãos de divulgação da Ciência
A SBPC encaminhou nesta quinta-feira (24) uma carta ao governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, reforçando extrema preocupação com o pedido de extinção de órgãos ligados diretamente ao desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, e à divulgação científica no Estado.  Na quarta-feira (23), a SBPC e a Academia Brasileira de Ciências (ABC)  enviaram uma carta ao governador alertando sobre consequências para a economia gaúcha de medida que propõe extinguir a Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec), a Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps) e a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro).
No documento enviado hoje, a SBPC ressalta também a importância do papel desempenhado pela Fundação Cultural Piratini (FCP-TVE) e a Fundação de Zoobotânica (FZB) na divulgação científica. “O papel de uma televisão pública educativa e a manutenção de museus de ciência, é absolutamente necessário para garantir a veiculação do conhecimento científico de forma direta e lúdica”, afirma na carta.
A extinção das fundações está no pacote de medidas para conter a crise, anunciado na segunda-feira, dia 21. O governo do Rio Grande do Sul decretou calamidade financeira na administração pública estadual, conforme publicado no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (22).
A SBPC e a ABC ressaltam que o crescimento econômico só é possível com a participação do conhecimento científico e tecnológico, a exemplo dos países desenvolvidos. “Essa constatação pode ser levada também para os estados brasileiros. Pode-se observar que os estados mais ricos e que apresentaram desenvolvimento mais recente são aqueles que concentram um maior financiamento em CT&I”, argumentam, na carta.
A carta da SBPC está disponível aqui. E a carta conjunta da ABC e da SBPC pode ser acessada aqui. http://www.sbpcnet.org.br/site/arquivos/arquivo_628.pdf
Fonte: Jornal da Ciência
 

Write A Comment