Soraya Smaili assume oficialmente a reitoria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) na terça-feira-(26). A transmissão de cargo feita pelo reitor do mandato cessante Walter Albertoni, ocorre em São Paulo, às 9 horas. A reitora já foi empossada oficialmente em Brasília no dia 7 de fevereiro.

Pela primeira vez, a Unifesp será dirigida por uma mulher – e que não é médica, fato também inédito. A farmacologista Soraya Smaili foi eleita pelo Conselho Universitário este mês e seu nome encaminhado para o Ministério da Educação para oficialização. 
 
Segundo Luana Bonone, presidenta da ANPG, a posse de uma reitora como a professora Soraya é uma excelente notícia para a Unifesp e para o sistema de ensino superior público. “Desde a sua atuação no movimento discente, ela demonstra o compromisso com o avanço da educação e da pesquisa. A professora Soraya conseguiu aliar uma atuação bastante ativa no movimento docente com uma produção de pesquisa louvável. Temos certeza que todos os setores da Unifesp terão espaço para o dialogo e fazemos voto de a professora Soraya Smaili conduza uma gestão que marque a história da universidade.” Afirma. 
 
Smaili é formada em Farmácia e Bioquímica pela USP, tem pós-doutorado na Thomas Jefferson University e no National Institute of Health, nos EUA.
Em 1986, foi presidente da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) e Associação dos Docentes da Unifesp.
 
 
Da redação. 
Author

Write A Comment