Em nota, a Associação Nacional dos Pesquisadores e Professores de História das Américas (ANPHLAC) condena a atitude do Ministério das Relações Exteriores que retirou a disciplina de História dos Países da América Latina do currículo do Instituto Rio Branco. 
Ao adotar tal medida, o Brasil dá mais um passo em sentido contrário à história de sua política externa, que manteve a busca de relações amistosas e de cooperação com os países do subcontinente como uma de suas balizas.
A ANPG se solidariza com a ANPHLAC e ressalta a importância estratégica para um país das dimensões do Brasil em aproximar as relações políticas e diplomáticas com as nações vizinhas.

Leia na íntegra:

http://anphlac.fflch.usp.br/http%3A/%252Fanphlac.fflch.usp.br/noticia_110

Write A Comment