Logomarca comemorativa dos 60 anos do CNPq.

Nesta quarta-feira (27) será realizada a solenidade de comemoração dos 60 anos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília (DF). Na ocasião será lançada a 25ª edição do Prêmio Jovem Cientista, com o tema “Cidades Sustentáveis”, e da 1ª edição do Prêmio de Fotografia Ciência e Arte. No mesmo dia ainda acontece a outorga do título de Pesquisador Emérito ao sociólogo Gabriel Cohn, ao engenheiro Evando Mirra de Paula e Silva, ao médico Zilton de Araújo Andrade, e a Menção Especial de Agradecimento à Fundação Conrado Wessel (FCW) e à Secretaria de Política para as Mulheres (SPM).Os 19 servidores do CNPq que completaram 25 anos de serviços prestados ao conselho, em dezembro de 2010, também serão homenageados com a placa comemorativa “Prata da Casa”, como reconhecimento à fundamental contribuição para a excelência dos resultados da agência.

A presidenta da ANPG, Elisangela Lizardo, estará presente na solenidade e destacou a importância do CNPq para o país: “o investimento em pesquisa, tecnologia e inovação são marcas indeléveis do CNPq na história do Brasil. O compromisso com a formação sólida de recursos humanos aptos a conduzir o desenvolvimento soberano do país é uma bandeira da ANPG e um princípio arduamente defendido pelo órgão nesses 60 anos ”, ressaltou.

Leia mais: CNPq: Compromisso com o desenvolvimento econômico e social do país

 

Prêmio Jovem Cientista

O prêmio está na 25ª edição e já existe há 30 anos. São premiadas quatro categorias: graduado, estudante do ensino superior, estudante do ensino médio e mérito institucional. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 2 de maio, quando entra no ar o novo sítio do prêmio: www.jovemcientista.cnpq.br.

Lá estarão disponíveis o regulamento e todas as informações sobre a premiação.

 

Da Redação com informações do Estado de São Paulo e CNPq.

 

Author

Write A Comment