Sou estudante, não abro mão. Quero Pré-Sal pra Educação!”. Aqueles que passaram pelos arredores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte(IFRN) na manhã desta segunda-feira certamente ouviram esse refrão. Ele era cantado por cerca de 300 estudantes que reuniram-se no ginásio do Instituto para o Ato de Abertura do 11º Encontro Nacional de Escolas Técnicas da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas(UBES).

 

 
Ato de Abertura do 11º ENET da UBES. Foto: Vanessa Stropp

O reitor do IFRN, Prof. Belchior de Oliveira Rocha, deu as boas-vindas aos participantes e ressaltou em sua fala um avanço conquistado pelos Institutos Federais que as Universidades ainda não possuem, em relação à autonomia. Sua observação se referiu à eliminação da lista tríplice para escolha do reitor dos Institutos, diferentemente das Universidades, onde é feita uma consulta aos estudantes, docentes e técnicos. A lista dos três mais votados é então enviada ao Presidente da República para nomeação. Não necessariamente o mais votado é o indicado a ocupar o cargo.

O orgulho que o IFRN sente em sediar uma atividade da UBES também foi nítida em sua fala.

 

 

 

Foto: Vanessa Stropp
Foto: Vanessa Stropp

Elisangela Lizardo, presidente da ANPG, também esteve presente. Única mulher a compor a mesa, além de saudar as estudantes presentes ela também usou sua fala para convocar os jovens estudantes secundaristas a tornarem-se jovens cientistas. “A UBES é a principal entidade do movimento estudantil. Ela se preocupa com a arte, com a cultura e com a ciência, está claramente comprometida com o futuro do país" destacou. Ao encerrar sua fala no Ato de Abertura do 11º ENET, Elisangela aproveitou para convidar os estudantes a participarem do 2º Salão Nacional de Divulgação Científica, realizado pela ANPG, em parceria com a UNE, a UBES e a Comissão Executiva Nacional do Programa de Educação Tutorial (CENAPET), "os cientistas devem estar comprometidos com o seu povo", disse.




Para Yann Evanovick, presidente da UBES, a julgar pelo Ato de Abertura o 11º ENET já é um sucesso, “os estudantes das escolas técnicas sabem a responsabilidade que têm na condução do futuro do país”, finalizou.

 

Mais sobre o 11º ENET da UBES.

Mais sobre o 2º Salão.

 De Natal, Eleonora Rigotti. 

 

Author

Write A Comment