Roberto Germano, ex-presidente da ANPG 1994-1995, e atualmente diretor do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), disse na 4ª CNCTI que estão garantidos R$ 12,5 milhões para as bolsas de pesquisa e capacitação

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) deve lançar, em junho, um edital para financiar pesquisas e formação de recursos humanos na região do Semiárido. A informação foi dada na quarta-feira (26) pelo ex-presidente da ANPG 1994-1995 e hoje diretor do Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Roberto Germano, durante palestra na 4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

 De acordo com Germano, as linhas de pesquisa deverão tratar do processo de desertificação, do potencial econômico e cultural da região, da recuperação de áreas degradadas, da educação voltada para a convivência com o Semiárido e do mapeamento de recursos naturais.

 O diretor do Insa – instituto de pesquisa vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia – defendeu fontes específicas para o desenvolvimento do Semiárido. "O Brasil não é só Amazônia. Temos também a Caatinga para a promoção do desenvolvimento nacional", disse.

 Segundo Germano, estão garantidos R$ 12,5 milhões para as bolsas de pesquisa e capacitação. O Semiárido abrange oito estados da Região Nordeste, o Vale do Jequitinhonha (MG) e parte do norte do Espírito Santo.

 

Da redação, com informações da Agência Brasil.


Author

Write A Comment