Formar uma cultura científica é um dos desafios do governo federal para os próximos anos.

No primeiro dia de debates da Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação(CNCTI), cerca de 300 pessoas participaram da sessão paralela “Construção da Cultura Científica”.

Os palestrantes defenderam a criação de uma Rede Nacional de Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação. A proposta é que a rede seja coordenada pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e tenha participação de outros ministérios, como o da Educação e o da Cultura. Formar uma cultura científica é um dos desafios do governo federal para os próximos anos.

Na opinião de Luana Bonone, diretora da ANPG "O envolvimento dos Ministérios da Educação e da Cultura nesse debate é de fundamental importância, pois eles estão diretamente ligados ao processo de educação e conseqüente popularização da Ciência no país.”

 O antropólogo do Museu Nacional e vice-presidente da SBPC, Otávio Velho, afirma que o diálogo é fundamental para o processo científico. "Muitos cientistas acreditam que a pesquisa deles não é questionável. É uma obrigação de todos [pesquisadores] conversar com a sociedade. A partir dessa discussão podem surgir pontos importantes para o estudo", disse.

 Os eventos realizados para a sociedade em geral são oportunidades para que haja esse diálogo. "A semana Nacional de Ciência e Tecnologia é um bom exemplo. Foram mais de 20 mil atividades em mais de 500 municípios no ano passado. As pessoas conhecem mais sobre C&T e como ela é importante para o dia-a-dia", disse o diretor do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia do MCT, Ildeu de Castro Moreira.

Popularização da Ciência foi, inclusive, o tema do 1ª Salão Nacional de Divulgação Científica realizado pela ANPG em outubro de 2009, como parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Organizado em conjunto com a União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e a Comissão Executiva Nacional do Programa Tutorial (CENAPET).

 

Da redação, com informações da Assessoria de Comunicação do MCT.

 

Author

Write A Comment