Os estudantes da pós-graduação, em assembleia geral realizada na segunda-feira (26), deliberaram sobre a participação na greve da Pontífica Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Na ocasião, cerca de 50 alunos de 12 programas de pós-graduação, produziram um documento de adesão à greve geral na universidade. O documento conta com o apoio da Associação de Professores da PUC (APROPUC) e do Comando Geral de Greve. 

Protagonista no movimento da pós-graduação, a Associação de Pós-Graduandos da PUC e a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), representada por Luana Bonone, mestranda em comunicação e semiótica pela universidade, estiveram presentes e também assinaram o documento. Os estudantes, professores e técnicos da PUC/SP encontram-se em greve após a nomeação de Anna Cintra para o cargo de reitora da universidade. 

Em assembleia realizada também na segunda-feira (26), os  mestrandos e doutorandos do Programa de Educação: História, Política, Sociedade lançaram uma carta aberta em defesa da democracia e da autonomia. Leia aqui.

De acordo com Vanessa Furtado, articuladora da assembleia geral dos pós-graduandos e mestranda em psicologia social, é importante e necessário que a pós-graduação esteja presente na luta por uma universidade democrática. “Notamos que a maioria dos pós-graduandos estavam fora das atividades de greve. Convocamos a assembleia, reunindo 12 cursos de pós-graduação e as entidades representativas, APG e ANPG, e decidimos por aderir a greve. Os cursos de pós-graduação estão sendo monitorados para que não ninguém seja coagido, nem prejudicado por participar da greve.” Afirma Vanessa.

Estudantes em greve, reunidos no Tribunal Popular na PUC/SP (clique na imagem para ampliar)

Após a assembleia, os pós-graduandos juntaram-se aos demais estudantes, técnicos e professores no ‘Tribunal Popular: A fundação São Paulo e Anna Cintra no bancos dos réus’, organizado pelo comando de greve. 

O movimento protesta contra a nomeação de Anna Maria Marques Cintra para o cargo de reitora da universidade. Cintra foi escolhida pelo cardeal dom Odilo Scherer, grão chanceler da PUC, apesar de ter ficado em terceiro lugar em uma eleição realizada entre alunos, professores e funcionários. Na consulta feita à comunidade acadêmica em Agosto, o atual reitor, Dirceu de Mello, foi o mais votado.

 

 

Calendário de Greve 

(clique na imagem para ampliar)

Leia abaixo a nota dos estudantes da pós-graduação.

 

 PÓS GRADUAÇÃO EM GREVE!!!

À Comunidade da PUC-SP,

Nós, estudantes da pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo deliberamos, em Assembleia Geral realizada no dia 26/11/2012 no campus Monte Alegre, às 19h, pela entrada na greve geral, em razão da nomeação da última colocada no processo eleitoral para a reitoria da PUC-SP. Em respeito aos 32 anos de tradição democrática na PUC-SP, consideramos tal nomeação ilegítima e desrespeitosa com a comunidade acadêmica. 

Foi deliberado também que os estudantes de pós-graduação interrompam suas atividades acadêmicas (provas, aulas, trabalhos e seminários) até o fim da greve ou decisão tomada em contrário nesta mesma Assembleia. Estando a categoria dos professores também em greve, definida em Assembleia Geral dos professores, orientamos aos estudantes de pós-graduação que denunciem ao comando de greve prontamente qualquer tentativa de coação.

A paralisação não prejudicará as atividades de defesas de tese, exames de qualificação já agendados, bem como as entregas de relatórios às agências de fomento. Os casos especiais serão analisados pela Comissão de Greve.   

Por último, deliberamos pela participação nas Assembleias regularmente realizadas pelos estudantes de graduação.  

 

Estudantes da Pós Graduação da PUC-SP

Associação dos Pós Graduandos da PUC–SP – APG

Luana Bonone – Presidente da Associação Nacional de Pós Graduandos – ANPG

 
Author

Write A Comment