clique na imagem para ampliar

No último dia 23, durante a 8° Bienal da UNE, a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) lançou o seu Fórum de Educação Básica. A reunião, ocorrida na Faculdade de Olinda, contou com a presença de estudantes de diversas áreas, além de professores ligados ao tema. Na mesa estavam: Estevão Cruz, diretor de políticas públicas da UNE, Alfredo Gomes, vice-coordenador do Fórum Nacional de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação da ANPED e Fabio Paiva, doutarando em educação pela UFPE. 

 
A reunião foi a primeira de uma série que a ANPG se propôs a fazer, rumo a concretização do Fórum, que se constitui para discutir práticas e políticas educacionais, lançando luz a esse debate tão importante para a sociedade e para a formação de cidadãos comprometidos com o desenvolvimento do país.
Fábio Paiva fez um apanhado histórico do caminho percorrido pelo sistema educacional, além de chamar a atenção para a necessidade de aproximação com a realidade escolar, com vistas a propor indicações no ponto de vista da construção de um novo modelo. 
 
A presidenta da ANPG, Luana Bonone, em sua fala destacou a necessidade de articular os pontos que prioritariamente devem ser repensados, como, por exemplo, o alto índice de evasão escolar. “A evasão está diretamente relacionada à emancipação dos jovens na vida adulta. Precisamos entender a realidade desse conjunto de cidadãos”. Afirma. 
 
Roberto Nunes, diretor de comunicação da ANPG e professor da rede pública estadual do Rio de Janeiro, relatou sua experiência. “Existem professores dispostos a novas práticas, porém, o sistema pedagógico das instituições de ensino está engessado num modelo arcaico. A escola tem uma caraterística muito importante, que inclusive a diferencia da universidade, pois ela é, muitas vezes, o elo mais próximo da comunidade com o estado.” Ressaltou.
 
Próximos Passos
 
O objetivo é promover atividades em diversas regiões do país, reunindo programas de pós-graduação voltados para o tema da educação, gestores e professores da rede pública de ensino, bem como todos aqueles interessados em discutir alternativas que levem à construção de um ensino básico público, de qualidade e que consiga promover uma formação humana e crítica. 
 
Leia mais aqui 
 
Rafaela Muniz
 
Author

Write A Comment