materia frente parlamentar mista

O segundo dia do “Seminário Nacional de Assistência Estudantil: Políticas, Direitos e Perspectivas para a Pós-Graduação”, realizado na manhã de terça-feira (28), reuniu no auditório da Câmara dos Deputados diretores da ANPG, pós-graduandos(as) de todas as regiões do país e parlamentares, para discutir o tema “Desafios e perspectivas para a implementação de mais direitos para os pós-graduandos”.

A mesa contou com participação de Lívio Amaral, representante da CAPES, o deputado Davidson Magalhães (PCdoB/BA), e da presidenta e do vice-presidente da ANPG, Tamara Naiz e Cristiano Junta, respectivamente.

Na ocasião, também foi discutida a criação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Ciência, da Tecnologia e da Pós-Graduação, iniciativa da ANPG com o apoio do deputado Davidson. Esta frente tem o objetivo de fortalecer a produção científica, o desenvolvimento nacional e a valorização do pós-graduando.

O debate contou ainda com a presença de parlamentares, tais como a deputada Maria do Rosário (PT/RS), o deputado Chico Lopes (PCdoB/CE), Afonso Florence (PT/BA) e Orlando Silva (PCdoB/SP), que expressaram seu apoio para a criação da Frente e para as pautas da Campanha por Mais Direitos para as Pós-Graduandas e para os Pós-Graduandos.

Os representantes das APGs de diversas instituições de ensino superior, como USP, Fiocruz, UFBA, UFMT, UFG, UFRRJ, UFGD, UFSC, UFSM e UFAC, levaram à discussão questões relacionadas às dificuldades vivenciadas por eles em suas respectivas universidades, como o atraso das bolsas de pesquisa, o corte de vagas nas creches universitárias, as assimetrias regionais e o ainda insuficiente investimento em Ciência e Tecnologia.

“Esse é um primeiro diálogo oficial com a Câmara. Me sinto satisfeita, pois foi uma conversa que iniciou bem, com a participação de mais de 40 instituições de ensino brasileiras. Esse é um caminho que temos trilhado e precisamos continuar a trilhar. As proposições que foram feitas aqui, os encaminhamentos, superou minhas expectativas”, opinou Tamara Naiz, presidenta da ANPG.

“Vamos agilizar essas pautas da assistência estudantil. Existe um projeto de lei a curto prazo que vai dar conta disso. A médio prazo, discutiremos mais recursos para a Ciência e Tecnologia no Brasil”, disse o deputado Davidson Magalhães.

À tarde, a ANPG realizou uma blitz no Congresso para a coleta de assinaturas junto aos parlamentares para a criação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Ciência, da Tecnologia e da Pós-Graduação, além de buscar reunir apoio dos deputados para as pautas da Campanha por mais direitos para as Pós-Graduandas e para os Pós-Graduandos.

Fotos por Dasein Filmes:

audiência audiência 2

Natasha Ramos, de Brasília (DF)

Write A Comment