materia flecha

No dia 24 de abril a APG da Unesp Rio Claro, como parte da semana de mobilização da Caravana à Brasília por Mais Direitos para os Pós-Graduandos, realizou um debate com a presença do vice-presidente da ANPG, Cristiano Junta, com o tema “Os direitos dos Pós-Graduandos e a crise das estaduais paulistas”.

Na oportunidade, os estudantes discutiram a situação política pela qual passa o país e as tarefas do movimento de pós-graduação. Em foco esteve, principalmente, a discussão sobre os cortes no orçamento, tanto em São Paulo, fator que aprofunda a crise pela qual passa as estaduais paulistas, como no Governo Federal.

Cristiano Junta apontou que Dilma anunciou na semana passada, logo após a aprovação da Lei Orçamentária da União para 2015, que vai “fazer o contingenciamento, que será significativo e não será pequeno”. Para ele, infelizmente, isso reforça a política de Geraldo Alckmin que cortou 6,6 bilhões do orçamento do Estado de São Paulo, sendo 203 milhões a menos para as universidades estaduais.

“Não é possível, com esses cortes, atender as reivindicações populares, é preciso que o Governo Dilma mude de política para fazer jus ao voto popular que a reelegeu em 26 de outubro do ano passado. Dilma deve atender ao povo, aqueles que votaram contra a retirada de direitos dos trabalhadores e contra a restrição nos gastos sociais do Governo e não atender aos interesses dos especuladores”, disse o vice-presidente da ANPG.

Os pós-graduandos da UNESP Rio Claro, em conjunto com sua APG, decidiram marcar uma assembléia do campus para decidir pela regulamentação de sua entidade. Assim como, encaminharam que, com o apoio da ANPG irão entrar em contato com a Universidade e outras entidades para obter apoio para participar da Caravana à Brasília Por Mais Direitos do Pós-Graduandos entre os dias 27 a 30 de abril.

Write A Comment