Caravana

caravana

A Caravana à Brasília, iniciativa da ANPG com o apoio do movimento nacional de pós-graduandos, conseguiu uma conquista histórica: a criação da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Ciência, da Tecnologia e da Pós-Graduação. Esta frente tem o objetivo de fortalecer a produção científica, o desenvolvimento nacional e a valorização do pós-graduando brasileiro. Participaram das atividades mais de 100 pós-graduandos e representantes de mais de 40 APGs de universidades de todas as regiões do Brasil.

A discussão sobre a criação dessa Frente Parlamentar havia sido iniciada pelos diretores da ANPG em reunião com o deputado Davidson Magalhães (PCdoB/BA), em março deste ano, e continuou na audiência realizada na manhã de terça-feira (28), no auditório da Câmara dos Deputados, que foi o pontapé inicial para a coleta de assinaturas dos parlamentares para a criação da Frente.

Era necessário cerca de 200 assinaturas para a criação. A ANPG e os pós-graduandos, que se organizaram em grupos, divididos por Estados, e foram de gabinete em gabinete apresentar a Frente e as propostas da Campanha por Mais Direitos, conseguiram não só atingir essa meta, como reuniram cerca de cem assinaturas a mais.

“Três centenas de parlamentares assinaram, em poucas horas, apoiando nossa Frente Parlamentar, isso não é pouca”, comentou Tamara Naiz, presidenta da ANPG.

Os pós-graduandos voltam para casa com sensação de dever cumprido, mas com a consciência de que ainda há muito o que fazer. O próximo passo é a Casa conferir as assinaturas e verificar as condições regimentais para a instalação da Frente. Assim que for instalada, o líder da Frente se reúne e elege uma direção.

“A ANPG já fez e continua fazendo um esforço para que essa Frente seja pluripartidária, conte com muitas lideranças de todas as regiões do país e de muitos partidos. Assim, essa Frente será capaz, junto com a ANPG, de estabelecer diálogo tanto do poder executivo, quanto com o conjunto do parlamento para estudar com bastante atenção a situação e o documento de direito dos pós-graduandos. Dele, devem derivar projetos de lei e audiências públicas para verificar outras situações problemáticas espalhadas pelo país. A ideia que a ANPG tem dialogado com os deputados é que este seja um trabalho rápido para que, até o final do ano, já se tenha encaminhamentos avançados para a categoria.”, disse Marcelo Arias, diretor da ANPG.

Natasha Ramos, de Brasília

Matérias relacionadas:

30/04/2015 – CARAVANA À BRASÍLIA: ANPG se reúne com MEC e MCTI
29/04/2015 – I Seminário Nacional de Assistência Estudantil reuniu mais de 100 pós-graduandos de todo o país
28/04/2015 – CARAVANA À BRASÍLIA: Parlamentares apoiam pautas debatidas no seminário de Assistência Estudantil
28/04/2015 – I Seminário Nacional de Assistência Estudantil: Políticas, Direitos e perspectivas para a pós-graduação tem início com falas emocionadas

Author

Escreva um Comentário