Leia também: Entrevista: presidente da ANPG esclarece dúvidas sobre cancelamento das bolsas

Na última quinta-feira (26) a APG-UFRGS realizou a Plenária de Pós-Graduandos com o objetivo de discutir as questões referentes à acumulação de bolsas, importância da representação discente e chamamento das novas eleições para APG. 

O debate, com a presença de representantes de quase 20 Programas de Pós-Graduação, identificou que a UFRGS precisa posicionar-se acerca das portarias, ofícios e comunicados emitidos pela CAPES/CNPQ, no último período.

Na UFRGS, a falta de esclarecimento e da interpretação correta das deliberações tem gerado abusos, preocupações e constrangimentos contra pós-graduandos.

Na Plenária deliberamos o seguinte:

– Na terça-feira, dia 31 de maio, uma Comissão de Pós-Graduandos realizará Audiência com o Pró-Reitor de Pós-Graduação para solicitar um posicionamento e esclarecimento da PROPG, com o objetivo de garantir que os PPGs tenham regras claras para cumulação de bolsas e que sejam reconsideradas as decisões tomadas à luz da portaria 32/2011 (que proibiu a acumulação de bolsa e vínculo);

– Na quinta, 02 de junho, 19h, ocorrerá o Conselho de Representantes Discentes da APG (fazem parte os representantes da pós nos PPGs, Conselhos da Unidade e instâncias colegiadas da UFRGS). O Fórum é aberto a todos que quiserem participar e caberá aos Representantes convocar a próxima eleição da APG, definir o calendário e eleger a Comissão Eleitoral. Neste Conselho serão apresentados os relatos das movimentações desta semana e deliberados novos encaminhamentos.

 

– Na segunda-feira, dia 06 de junho, a representação discente da APG no Fórum de Coordenadores da Pós-Graduação participará da reunião, com o objetivo de apresentar o posicionamento dos pós-graduandos da UFRGS para coibir e sanar os abusos cometidos até agora. 

 

Cabe destacar que a UFRGS é a única Universidade do país na qual temos relatos de que, por falta de esclarecimento, abusos permanecem acontecendo.

A APG-UFRGS se posiciona e lutará contra quaisquer abusos contra pós-graduandos.

Entendemos que a possibilidade de ter bolsa e vínculo remunerado qualifica a inserção do pós-graduando no mundo do trabalho, em especial na docência e, quando tem relação direta com a pesquisa, melhora a produção científica do país.

Leia a Nota pública da APG-UFRGS sobre a regulamentação da acumulação de Bolsas com Atividade Remunerada de Pós-Graduandos

Fonte: APG da UFRGS

 
Author

Write A Comment