12 de abril de 2018

ANPG se reúne com o presidente do CNPq, Mário Neto Borges, como parte da Jornada de Lutas

Voltar para: Notícias

1e6ddaae-0c28-4a32-a1a6-3a2227a71450

Ontem, 11 de abril, a presidenta da ANPG, Tamara Naiz, o secretário-geral, Vinícius Soares e a tesoureira da entidade, Elisângela Volpe, estiveram no CNPq para uma reunião com o seu presidente, Mário Neto Borges.  A diretoria da entidade foi apresentar as pautas da Campanha de Direitos e da previdência para os pós-graduandos, além de debater os projetos de lei que estão no Congresso Nacionais e interessam aos pós-graduandos. A reunião faz parte da Jornada de Lutas que começou no final de março.

Na oportunidade também foi debatido o orçamento do CNPq frente ao contigenciamento que o governo federal está prevendo. “O presidente da agência nos informou que o orçamento do CNPq está parecido com do ano passado e que todos os pagamentos até o final do ano estão previstos para serem efetuados regulamente sem nenhum atraso as bolsas”, contou Soares.

A diretoria da ANPG salientou a sua preocupação frente ao número de bolsas do CNPq. “O professor Borges afirmou que a previsão é que tenha um pouco de aumento no número de bolsas para pós-graduacão. O presidente explicou ainda que os índices no site da agência mostram uma diminuição no número de bolsas, mas que isto ocorre por causa do Programa Ciências sem Fronteira e que as bolsas para a pós-graduação nunca foram diminuidas”, explicou o secretário.

Outros temas debatidos foram sobre a possibilidade do vínculo empregatício dos bolsistas. Borges confirmou que isto está em debates junto com a Capes. E por fim, o presidente do CNPq informou que no dia 10 de abril foi instaurado um grupo de trabalho junto com o Forprop para avaliar as distorções que existem na distribuição das bolsas oriundas do CNPq.

Deixe uma resposta

Connect with:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *