8 de janeiro de 2019

Sobre a nota do Jornal O globo de 6 de janeiro

Voltar para: Artigos

No último domingo, dia 06 de janeiro de 2019, o jornal O Globo divulgou nota na qual afirma que o governo de Jair Bolsonaro estuda novos critérios para distribuição de bolsas de estudo na pós-graduação, incluindo a possibilidade de interromper o pagamento de auxílios em andamento. Segundo a publicação, o critério ideológico passará a ser eliminatório. O texto indica que o Ministério da Educação busca saídas para rasgar os contratos firmados com os estudantes regularmente matriculados em cursos de pós-graduação no Brasil e no exterior.

Em um governo marcado pela desinformação e pelo anti-intelectualismo, ideias estapafúrdias como a mencionada acima parecem querer criar uma cortina de fumaça para desviar a atenção de pautas importantes: a revogação da Emenda Constitucional 95, a retomada do processo de expansão das Instituições de Ensino Superior públicas, a melhoria das condições de trabalho dos pós-graduandos, a recomposição dos valores das bolsas, a consolidação das ações afirmativas na pós-graduação, entre outras. Por outro lado, membros do atual governo já deixaram claro que estão em uma cruzada contra aqueles que pensam diferente e parecem dispostos a censurar qualquer reflexão contrária à matriz ideológica do executivo federal.

Qualquer que seja a intenção do balão de ensaio publicado ontem, a resposta dos pós-graduandos é de total repúdio. Iremos nos manter firmes em prol da consolidação de um projeto de educação, ciência e tecnologia democrático, com bolsas para todos os pós-graduandos, que respeite o direito humano de livre pensar e se expressar e, sobretudo, em defesa da Universidade pública, gratuita e que cumpra sua função social.

Rafael Souza
Diretoria de Políticas Educacionais – ANPG

*As opiniões aqui reproduzidas são de responsabilidade de seus autores e não representam, necessariamente, a opinião da entidade.

Deixe uma resposta

Connect with:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *