200 anos de Independência: lutar por um Brasil democrático, justo e soberano é a missão!

Neste 7 de Setembro de 2022, o Brasil completa o bicentenário de sua Independência, marco fundamental da formação de nosso Estado Nacional. Ao contrário do que muitas vezes se propaga, não foi um ato de boa vontade, mas uma conquista fruto de lutas e até revoltas, como a Conjuração Baiana e a Revolução Pernambucana.

Os interesses das elites econômicas e políticas sempre foram entraves à realização plena de um projeto nacional de desenvolvimento em nosso país. Fomos a última Nação das Américas a ter uma universidade, nosso processo de industrialização é tardio e marcado pela dependência de potências estrangeiras.

Ainda assim, muito foi construído pelas mãos do povo brasileiro nesses dois séculos. Podemos nos orgulhar da construção de um sistema nacional de ciência e tecnologia que contribui com os desafios a serem enfrentados pelo país. Não é fácil criar a manter instituições de excelência, como o CNPq, a CAPES, a FioCruz, a Embrapa, diversos institutos de pesquisas e planejamento estatal, além de dezenas de universidades públicas conceituadas.

Essa edificação que é símbolo de um Brasil que deu certo corre riscos no momento presente. O governo negacionista de Jair Bolsonaro atenta contra a democracia e as instituições e usurpa as cores da pátria justamente para colocar em marcha um projeto de destruição nacional. Jamais permitiremos que o autoritarismo volte a se impor!

Como brasileiros, nesse marco dos 200 anos de independência, reafirmamos os valores que constroem uma nação: paz, democracia plena e respeito ao voto popular, justiça social, soberania nacional e desenvolvimento baseado na ciência.

No próximo ciclo, teremos o desafio de reconstruir o Brasil. Só realizaremos plenamente os potenciais da Nação quando gerarmos oportunidades para a população, a partir de investimentos em educação e ciência e tecnologia. Por um Brasil verdadeiramente independente, Fora Bolsonaro!

Write A Comment