Imagem: diarioarapiraca

Nota de apoio à reitoria da UFAL

A ANPG expressa sua solidariedade à Reitora da UFAL, professora Valéria Correia; ao vice-reitor, professor José Vieira da Cruz, e aos servidores públicos daquela gestão, ante o pedido de prisão realizado por petição da Adufal – Sindicato dos docentes da UFAL, e do Sintufal – Sindicato dos trabalhadores da UFAL na semana passada.

Esse ato ocorre no primeiro trimestre do Governo Bolsonaro, cuja figura e seus ministros, ao expressarem propostas políticas para educação, ciência e tecnologia, tratam a Universidade e o sistema nacional de Pós-Graduação como espaços a serem atacados. Realizam uma política de cortes substanciais no orçamento para as universidades públicas, para a CAPES e para o CNPq, disfarçada de reestruturação da área. Paralelamente, efetuam uma cruzada ideológica com objetivo de identificar a universidade brasileira e o sistema de pesquisa construído no país como lugar de produção da subversão e de descompromisso social.

Diante desse quadro e do inegável perfil engajado da Reitora da UFAL, magnífica professora Valéria Correia, que já demonstrou nacionalmente seu compromisso com a construção de uma universidade socialmente referenciada nos grupos e classes populares, apresentamos esta nota de solidariedade, de irrestrito apoio à construção da autonomia universitária brasileira e de repúdio às tentativas de judicialização da política!

 

São Paulo, 20 de março

Associação Nacional de Pós-Graduandos

Escreva um Comentário