O artigo científico está presente na vida do acadêmico seja para ser entregue como conclusão de alguma disciplina seja para ser publicado em alguma revista da área estudada. Este é inclusive um dos grandes anseios do jovem estudante que pretende continuar sua vida acadêmica em pesquisas.

Um currículo lattes que contenha artigos publicados é muito importante para que o aluno tenha mais chances de ser escolhido para mestrado, doutorado, congressos e demais eventos da academia.

Mas afinal o que é um artigo científico e qual a sua importância?

O artigo é um trabalho acadêmico científico que visa expor uma pesquisa. Na prática é como um relatório, já que contem o que foi estudado pela autora(o) e sua análise.

Ele pode ser um artigo de revisão bibliográfica, ou seja, que comenta e aprofunda o que já foi escrito sobre algo. Como por também ser um estudo de caso e que tenha uma abordagem mais própria do aluno.

Além disso o artigo científico também enriquece os seus conhecimentos já que você estudará temas relevantes à sua área de estudo e que lhe interessem. Mais que isso, a divulgação de artigos próprios divulga seu nome e garante credibilidade à sua formação.

Primeiro estabeleça o tema e o problema de pesquisa

É altamente recomendável que você pesquise e escreva sobre um tema que realmente seja o de seu interesse. Isso porque trabalhos acadêmicos costumam exigir muita dedicação do acadêmico, sendo assim é aconselhável que você tenha afinidade com o que vai estudar já que ficará um bom tempo debruçado sobre ele.

O problema de pesquisa é um pouco mais completo que o tema, pois exige que você olhe para o tema e busque um aspecto particular dentro deste campo que seja relevante. Ao estudar sobre o objeto e conhecê-lo melhor é natural que apareçam questões, dúvidas e pontos não esclarecidos. Use estes insights para formular seu problema de pesquisa.

Estruture o seu artigo e sua argumentação

Uma vez com tema em mãos, comece a fazer alguns rascunhos de desenvolvimento e levante algumas hipóteses. Nesse ponto uma boa dica é listar o argumentos  que conseguiu encontrar para sustentar a pesquisa. Cada item dessa lista pode se tornar uma seção do seu artigo.

Depois de feito esse rascunho você deve elaborar cada uma das partes. Inclua dados que você encontrou na pesquisa, embasamentos teóricos de autores relacionados ao seu tema, e caso necessário, imagens e gráficos e siga na sua argumentação com muita densidade.

Cuidado com a coerência e com a linguagem

Ao pesquisar muito é comum que os conceitos pareçam um pouco confusos e você acabe se perdendo na argumentação. Adicionando informações que ainda não havia contextualizado ou deixando de explicar algum conceito muito essencial. Portanto preste muito atenção no encadeamento de ideias, na coesão e na coerência.

Por fim revise muito bem todo o artigo científico.Deixe para revisar alguns dias depois de concluído assim sua mente estará mais descansada e será mais fácil identificar erros. Você também pode pedir para um amigo ler e ver se consegue compreender o que você está querendo dizer. Quanto à linguagem, ela deve sempre ser muito clara e objetiva.

Submeta a um periódico

As revistas científicas normalmente tem um certo período para aceitar admissões de artigos para publicação então uma vez que já escolheu o periódico se atente a isso. Caso não conheça uma boa revista científica peça auxílio ao seu professor/orientador.

Quanto á formatação propriamente dita, algumas revistas podem exigir elementos diferentes ou formatos próprios para que o artigo seja escrito. É altamente aconselhável que você leia as edições mais recentes para se adequar ao formato e à linguagem.

Fique atento à repercussão que seu artigo terá

Os comentários que virão, tanto críticos quanto elogiosos são importantes e fundamentais para a sua evolução acadêmica. Por isso peça opiniões sobre o seu trabalho e esteja aberto as críticas que virão; assim nós próximos textos você perceberá o retorno que as opiniões alheias deram ao seu desempenho.

 

Escreva um Comentário