CAPES afirma aguardar definições orçamentárias para continuar concessão de bolsas do PDSE

A ANPG e os pós-graduandos foram surpreendidos com a notícia de que as bolsas CAPES previstas para os estudantes que ingressaram recentemente nos programas de pós-graduação não seriam disponibilizadas.

Segundo o professor doutor Jaime Santana, decano da UnB, só na Universidade de Brasília seriam 200 bolsas perdidas com esse fechamento do SAC da CAPES.

A entidade está em contato com reitores, a SBPC e a ABC para  checar mais informações sobre esses cortes. A Associação também tentou contato com o FORPROP, mas encontrou dificuldade em contactá-los.

A ANPG tem pressionado a CAPES, CNPq e o MEC com dezenas de atos, reuniões e ações em Brasília, como o acampamento em frente ao Ministério da Educação, desde o começo do ano passado quando cortes nas bolsas e nos recursos para a pós-graduação começaram.

A entidade está averiguando essa informação dos cortes das bolsas junto à CAPES e verificando a extensão do problema. A Associação tomará todas as medidas cabíveis contra essa ação caso ela seja confirmada.

Até o fechamento desta matéria, a CAPES não se pronunciou sobre os cortes nas bolsas de pós-graduação.
Mais notícias sobre esse assunto serão publicadas em breve.
Da redação

Author

Escreva um Comentário