A coalizão de movimentos sociais pela Reforma Política reuniu-se em Brasília ontem (03). Iniciativa da Ordem dos Advogados do Brasil, a coalizão reúne quase uma centena de movimentos e forças em prol de uma reforma política que aprofunde a democracia brasileira.

Durante a reunião foram discutidos os marcos para uma reforma política que possibilite mais representação política, colocando em destaque as vozes das minorias secularmente desprezadas, como os negros e as mulheres. As entidades e os participantes presentes se colocaram à disposição da luta por uma reforma ampla e irrestrita que transforme nossa democracia em um sistema cada vez mais representativo.

A próxima reunião da coalizão está marcada para a próxima sexta-feira (07) e os movimentos e forças integradas se comprometeram em fazer mobilizações e atos públicos entre 15 de novembro e 15 de dezembro, pressionando os poderes instituídos da República por uma Reforma Política ampla e democrática. O diretor da ANPG, Gabriel Nascimento, presente na reunião acredita que a reforma política precisa ser dialogada com toda a sociedade. “Por isso, a coalizão dos movimentos e entidades é um passo importante na democracia brasileira, porque mais de 50 entidades estão fazendo pressão juntas por uma reforma política democrática”, diz Gabriel.

Da redação

Author

Write A Comment