A Revista Cadernos do Desenvolvimento Fluminense já está recebendo artigos para a sua terceira edição. A publicação é projeto da Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro) e pretende ser um canal eletrônico para discussão e reflexão sobre as perspectivas do desenvolvimento sustentável do estado do Rio de Janeiro, em seus mais variados aspectos. Os trabalhos podem ser enviados via internet até 15 de agosto de duas maneiras: pelo site www.cadernosdodesemnvolvimento.ceperj.rj.gov.br, que também pode ser acessado pelo portal da Ceperj, ou pelo email [email protected]  

 
Os artigos serão avaliados pela equipe editorial: Monica Simioni (diretora do Centro de Estatísticas, Estudos e Pesquisas da Ceperj), Jorge Britto (professor da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense) e destacados pensadores vinculados a importantes instituições de ensino e pesquisa do estado – Carlos Brandão (UFRRJ), Fabiano Santos (Uerj), Fernando Mattos (UFF), Glaucio Marafon (Uerj), Luis Martins (UFRJ), Maria Alice Rezende de Carvalho (PUC – Rio), Maria Lúcia Werneck (UFRJ), Marieta de Moraes Ferreira (UFRJ), Mauro Osorio da Silva (UFRJ), Miguel Bruno (Ence), Nelson Senra (Ence), Paulo Knauss (UFF), Pedro Abramo (UFRJ), Renata La Rovere (UFRJ), Sergio Magalhães (UFRJ). 
 
Os trabalhos deverão ter o mínimo de 15 e máximo de 30 laudas e a resenha, o máximo de 10 páginas das mais diversas áreas das Ciências Humanas. A revista, multidisciplinar, é estruturada pelo sistema Ibict (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia), que estimula e promove o desenvolvimento técnico-científico no Brasil, e criou a plataforma Seer, um sistema eletrônico de editoração (software livre). Em todos os números, a publicação será formada por oito artigos. Cada edição terá uma chamada pública, ampla e irrestrita, convidando membros da comunidade acadêmica e científica para enviar seus artigos. 
 
O presidente da Fundação Ceperj, Jorge Barreto, considera a revista um importante canal eletrônico para discussão de mudanças e transformações sociais, econômicas, culturais, ambientais e urbanas do estado do Rio de Janeiro.
 
– Todos os números pretendem estimular a reflexão para subsidiar políticas públicas, ampliar conhecimento sobre o estado e aglutinar pessoas de diversas áreas, desde o urbanismo, até a economia, a geografia ou a cultura, por exemplo. Estamos reunindo trabalhos que refletem análises contundentes sobre as políticas públicas implementadas pelas esferas municipal, estadual e federal, oriundas das mais diversas áreas do conhecimento – afirma Barreto.
 
A revista científica Cadernos do Desenvolvimento Fluminense foi lançada no Salão Pedro Calmon da UFRJ, campus da Praia Vermelha, na Urca, em 24 de abril, com debate sobre a política das UPPs. Estiveram presentes mais de 150 pessoas, entre professores, pesquisadores, economistas, autoridades e moradores de comunidades. 
 
Author

Write A Comment