Para ANPG, é preciso respeitar a data de pagamento das bolsas de pós-graduação 

A ANPG entrou em contato novamente com as duas principais agências de fomento do país, CAPES e CNPq, e, em conversa telefônica com o setor de execução orçamentária e financeira de ambas, apurou que a ordem de pagamento de todas as folhas de bolsistas de todas as modalidades foi efetuada até a data de hoje (07), quinto dia útil do mês, aguardando a compensação bancária (cerca de 48 horas).

Apesar de não existir regulamentação sobre a data, nos últimos anos o pagamento das bolsas tem sido praticado até o 5º dia útil de cada mês. É importante que essa prática seja mantida e respeitada, uma vez que os milhares de bolsistas contam com esse pagamento para pagar suas despesas básicas, como moradia, alimentação e transporte.

Segundo parecer elaborado pela representante da ANPG no Conselho Superior da CAPES, “a suspensão e/ou o atraso no pagamento do auxílio aos estudantes de forma imotivada afronta de plano o princípio da legalidade e da motivação […] e o princípio da segurança jurídica, que traz estabilidade nas relações e o mínimo de certeza na regência da vida social”.

Leia na íntegra o parecer encomendado pela ANPG sobre o atraso das bolsas, ocorrido em janeiro

A ANPG tem como uma de suas principais bandeiras, dentro da Campanha por mais Direitos para as pós-graduandas e os pós-graduandos, a regulamentação em lei da data de pagamento das bolsas de pós-graduação, bem como data base para reajustes.

Até que isso ocorra, a ANPG acredita que a pressão política é a melhor forma de construir melhores relações e condições de pesquisa para as pós-graduandas e os pós-graduandos brasileiros. Para isso, é importante que a categoria evite a disseminação de desinformação nas redes sociais, organize-se em suas Instituições de Ensino Superior por meio das APGs, e responda às convocações e mobilizações da ANPG nas diversas ações que compõem a Campanha por Mais Direitos.

Além disso, na quarta feira (09), a representante da ANPG, Hercilia Melo, estará presente na reunião do Conselho Deliberativo do CNPq e apresentará o descontentamento dos pós-graduandos com os atrasos ocorridos nos últimos três meses. Também solicitará esclarecimentos sobre a entrevista concedida pelo Presidente do Conselho, que gerou desconforto entre os pós-graduandos. Por fim, oficiará a instalação de inquérito administrativo interno para apuração sobre os erros que resultaram no atraso das bolsas nos últimos meses.

Na quinta feira (10), a Presidenta da ANPG, Tamara Naiz, estará presente em seminário da CAPES e apresentará o descontentamento da categoria com a falta de valorização e reajuste das bolsas e, mais recentemente, com a insegurança e incômodos provocados pelos atrasos.

Da redação

Matérias relacionadas:

03/12/2015 – Bolsas de Pós-Graduação não sofrerão cortes com a aprovação da nova meta orçamentária

10/11/2015 – ANPG cobra respostas do CNPq sobre atraso nas bolsas

11/09/2015 – ANPG entra em contato com FAPERGS sobre atraso nas bolsas

12/01/2015 – Atraso nas bolsas: ações jurídicas de ressarcimentos e estado de alerta da ANPG sobre o pagamento

Author

8 Comments

  1. Ricardo Rafael R. da Silva Reply

    MUITO BOM SABER QUE ALGO FOI FEITO, COMO BOLSISTA TENHO LIMITAÇÕES FINANCEIRAS E ASSIM MUITAS VEZES FICO IMPOSSIBILITADO DE COMPARECER ÀS REUNIÕES E ENCONTROS, POIS MUITAS VEZES SÃO REALIZADAS EM LOCAIS ESTRATÉGICOS QUE SÃO DISTANTES DE MINHA LOCALIDADE ATUAL, MAS ACOMPANHO SEMPRE O DESFECHO DOS POUCOS MOVIMENTOS. VAMOS CONTINUAR A FALAR ALTO E FAZER BARULHO, POIS SOMENTE DESSA FORMA PODEREMOS FAZER VALER NOSSOS DIREITOS COMO CIDADÃOS.

  2. Davidson Ribeiro Costa Reply

    Obrigado pelo apoio de vcs! Mas devemos se basear também na segurança e na estabilidade para os estudantes, não apenas em motivação.
    por enquanto nada da capes
    Att.

  3. camila gibbs Reply

    Obrigada por representarem tao bem nossa categoria e lutarem com tanto afinco por nossos direitos, pois deixamos tudo e passamos a depender exexclusivamente das bolsas de estudo, a fim de noa dedicarmos em tempo integral aos estudos, de forma a desenvolver pesquisas com excelencia e que tragam contribuicoes à sociedade. Nao aos cortes! Nao à injustica.

  4. Boa noite. Estou com a bolsa em atraso, sempre caiu certinho no quinto dia útil do mês, porem esse mês ainda não caiu. Alguem sabe de quanto vai ser este atraso? Sou aluno de doutorado e estou com as contas em atraso, obrigado

  5. mas até o momento nada consta no portal da transparência ou está tão transparente que ninguem vê… vamos aguardar

  6. Everson Osvanir da Silva Reply

    Olá, é mentira do CNPQ em afirmar que pagou as bolsas de todas as modalidades. Hoje, dia 14 de Dezembro, eu ainda não recebi!!!!

Reply To Ricardo Rafael R. da Silva Cancel Reply